O que há de novo na MetaTrader 5?

Histórico de atualizações das plataformas desktop, móvel e web

26 outubro 2018
MetaTrader 5 build 1930: Gráficos flutuantes e bibliotecas .Net em MQL5

Terminal

  1. agora você pode exibir gráficos de instrumentos financeiros fora da janela do terminal de negociação.

    Isso é conveniente quando se trabalha com vários monitores. Por exemplo, em um deles, você pode colocar a janela principal da plataforma e monitorar o status da conta, enquanto, em outro, você pode botar os gráficos para avaliar a situação no mercado. Para separar o gráfico do terminal, desative a opção "Encaixar" em seu menu de contexto. Depois disso, coloque o gráfico no monitor desejado.





    Para que você não precise alternar entre monitores para aplicar objetos ou indicadores analíticos, os gráficos desafixados têm uma barra de ferramentas separada. A fim de alterar um conjunto de comandos ou ocultar a barra de ferramentas, use seu menu de contexto.

  2. bate-papos incorporados totalmente atualizados. Agora eles suportam diálogos e canais de grupo. Você pode iniciar discussões privadas com grupos de pessoas em um único espaço - sem alternar entre diferentes diálogos -, criar canais temáticos por interesse e idioma. Você pode se comunicar com colegas e amigos na MQL5.community sem visitar o site.

    Cada bate-papo e canal em grupo pode ser público ou privado. O próprio autor decide se eles podem se juntar livremente ou apenas por convite. Você também pode atribuir moderadores a canais e bate-papos, providenciando controle adicional de comunicação.




  3. adicionado suporte para maior precisão na negociação de criptomoedas. Agora, o volume mínimo possível de operações de negociação é de 0,00000001 lotes. Ao livro de ofertas, ao feed de transações e a outros itens de interface foi adicionado um recurso para exibir volumes com uma precisão de até 8 casas decimais.

    Seu valor mínimo, 'step' e alteração dependem das configurações do instrumento financeiro no lado da corretora.



  4. à janela "Caixa de Ferramentas" foi adicionada uma guia de artigos publicados na MQL5.community. Mais de 600 materiais detalhados sobre o desenvolvimento de estratégias de negociação em MQL5 estão agora disponíveis diretamente no terminal. Novos artigos são publicados a cada semana.




  5. adicionado o suporte a autorização estendida usando certificados ao trabalhar com o Wine.
  6. corrigida a exibição do livro de ofertas quando sua profundidade é limitada a um nível.
  7. adicionado o comando "Salvar como imagem" à barra de ferramentas "Padrão". Agora é mais fácil tirar capturas de tela dos gráficos e compartilhá-los na comunidade.




  8. corrigida a implementação do deslocamento temporal ao importar barras e ticks. Anteriormente, em alguns casos, o deslocamento não era aplicado.




  9. corrigido o bloqueio do terminal com uma grande quantidade de notícias do calendário econômico.

MQL5

  1. adicionada suporte nativo a bibliotecas .NET com funções de importação inteligentes. Agora, as bibliotecas .NET podem ser usadas sem escrever 'wrappers' especiais — o MetaEditor toma conta disso por conta própria.

    Para trabalhar com as funções da biblioteca .NET, basta importar a própria DLL sem especificar funções específicas. O MetaEditor importa automaticamente todas as funções com as quais é possível o trabalho:
    • Estruturas simples (POD, plain old data), isto é, estruturas que contêm apenas tipos de dados simples.
    • Funções estáticas públicas cujos parâmetros usam apenas tipos simples e estruturas de POD ou seus arrays

    Para chamar funções da biblioteca, basta importá-la:
    #import "TestLib.dll"
    
    //+------------------------------------------------------------------+
    //| Script program start function                                    |
    //+------------------------------------------------------------------+
    void OnStart()
      {
       int x=41;
       TestClass::Inc(x);
       Print(x);
      }
    O código C# para a função Inc da classe TestClass é semelhante ao seguinte:
    public class TestClass
    {
       public static void Inc(ref int x)
       {
        x++;
       }
    }
    Como resultado, o script retornará o valor 42.

    O melhoramento do suporte a bibliotecas .NET continua, em versões futuras, planeja-se expandir suas possibilidades de uso.

  2. à biblioteca padrão foi adicionado o suporte para trabalhar com funções WinAPI. Agora, para usar as funções do sistema operacional no programa MQL5, não há necessidade de importar manualmente as bibliotecas e descrever as assinaturas de funções. Basta conectar o arquivo de cabeçalho do diretório MQL5\Include\WinAPI.

    As funções WinAPI são agrupadas em arquivos separados por finalidade:

    • libloaderapi.mqh — trabalho com recursos
    • memoryapi.mqh — trabalho com memória
    • processenv.mqh — trabalho com ambiente
    • processthreadsapi.mqh — trabalho com processos
    • securitybaseapi.mqh — trabalho com o sistema de segurança do sistema operacional
    • sysinfoapi.mqh — obtenção de informações do sistema
    • winbase.mqh — funções comuns
    • windef.mqh — constantes, estruturas e enumerações
    • wingdi.mqh — trabalho com objetos gráficos
    • winnt.mqh — trabalho com exceções
    • winreg.mqh — trabalho com o registro
    • winuser.mqh — gerenciamento de janelas e interface
    • errhandlingapi.mqh — processamento de erros
    • fileapi.mqh — trabalho com arquivos
    • handleapi.mqh — trabalho com identificadores
    • winapi.mqh — conexão de todas as funções (arquivos de cabeçalho WinAPI)

    A ligação funciona apenas com arquitetura de 64 bits.

  3. adicionado o suporte a qualificadores inline, __inline, __forceinline ao analisar o código. A presença desses qualificadores no código não causará erros e não afetará a compilação. No momento, isso torna mais fácil transferir código C++ para MQL5.
    Mais informações sobre qualificadores estão disponíveis no MSDN.

  4. realizada uma otimização substancial da execução de programas MQL5. Em alguns casos, o ganho de desempenho pode chegar a 10%. Para obter um aumento de velocidade, recompile seus programas na nova versão do MetaEditor.
    Infelizmente, otimização adicional levou à perda de compatibilidade de novos programas com versões anteriores do terminal. Todos os programas compilados no MetaEditor versão 1910 e superior não serão inicializados em terminais de versão inferior a 1880. Ao mesmo tempo, programas compilados anteriormente em versões anteriores do MetaEditor funcionarão em novos terminais.

  5. realizado trabalho de otimização de conjuntos de funções MQL5.
  6. adicionadas novas propriedades para ajustar/separar gráficos da janela principal do terminal e controlar sua posição.

    À enumeração ENUM_CHART_PROPERTY_INTEGER adicionados:

    • CHART_IS_DOCKED — janela do gráfico encaixada. Se definido como false, o gráfico pode ser arrastado para fora do terminal.
    • CHART_FLOAT_LEFT — coordenada esquerda do gráfico desencaixado em relação à tela virtual.
    • CHART_FLOAT_TOP — coordenada superior do gráfico desencaixado em relação à tela virtual.
    • CHART_FLOAT_RIGHT — coordenada direita do gráfico desencaixado em relação à tela virtual.
    • CHART_FLOAT_BOTTOM — coordenada inferior do gráfico desencaixado em relação à tela virtual.

    À enumeração ENUM_TERMINAL_INFO_INTEGER foram adicionados:

    • TERMINAL_SCREEN_LEFT — coordenada esquerda da tela virtual. A tela virtual é o retângulo que cobre todos os monitores. Se o sistema tiver dois monitores e sua ordem for definida da direita para a esquerda, a coordenada esquerda da tela virtual poderá estar na borda de dois monitores.
    • TERMINAL_SCREEN_TOP — coordenada superior da tela virtual.
    • TERMINAL_SCREEN_WIDTH — largura do terminal.
    • TERMINAL_SCREEN_HEIGHT — altura do terminal.
    • TERMINAL_LEFT — coordenada esquerda do terminal em relação à tela virtual.
    • TERMINAL_TOP — coordenada superior do terminal em relação à tela virtual.
    • TERMINAL_RIGHT — coordenada direita do terminal em relação à tela virtual.
    • TERMINAL_BOTTOM — coordenada inferior do terminal em relação à tela virtual.

  7. adicionado o campo volume_real às estruturas MqlTick e MqlBookInfo. Ele é projetado para funcionar com maior precisão. O valor volume_real tem uma precedência mais alta do que o volume. O servidor usará esse valor, se especificado.

    struct MqlTick
      {
       datetime         time;          // Hora da última atualização de preço
       double           bid;           // Preço Bid atual
       double           ask;           // Preço Ask atual
       double           last;          // Preço atual da última transação (Last)
       ulong            volume;        // Volume para o preço Last atual
       long             time_msc;      // Hora da última atualização de preço em milissegundos
       uint             flags;         // Sinalizadores de ticks
       double           volume_real;   // Volume para o preço Last atual com alta precisão
      };

    struct MqlBookInfo
      {
       ENUM_BOOK_TYPE   type;            // tipo de boleta a partir da enumeração ENUM_BOOK_TYPE
       double           price;           // preço
       long             volume;          // volume
       double           volume_real;     // volume com alta precisão
      };

  8. à enumeração ENUM_SYMBOL_INFO_DOUBLE foram adicionadas novas propriedades:

    • SYMBOL_VOLUME_REAL — volume da última transação concluída;
    • SYMBOL_VOLUMEHIGH_REAL — valor máximo do volume da transação concluída para o dia atual;
    • SYMBOL_VOLUMELOW_REAL — valor mínimo do volume da transação concluída para o dia atual.

    Para obter essas propriedades, use a função SymbolInfoDouble.

  9. à enumeração ENUM_MQL_INFO_INTEGER foi adicionada a propriedade MQL_FORWARD — um sinal de que o programa está no modo teste para frente.
  10. adicionada a propriedade pack( integer_value ) para estruturas. Permite definir o alinhamento da localização dos campos dentro da estrutura, é necessário quando se trabalha com uma DLL. Para integer_value, são possíveis os valores 1, 2 ,4 ,8 e 16.
    Se a propriedade não estiver definida, por padrão é usado o alinhamento de 1 byte — pack(1).

    Exemplo de uso:
    //+------------------------------------------------------------------+
    //| Default packing                                                  |
    //+------------------------------------------------------------------+
    struct A
      {
       char              a;
       int               b;
      };
    //+------------------------------------------------------------------+
    //| Specified packing                                                |
    //+------------------------------------------------------------------+
    struct B pack(4)
      {
       char              a;
       int               b;
      };
    //+------------------------------------------------------------------+
    //| Script program start function                                    |
    //+------------------------------------------------------------------+
    void OnStart()
      {
       Print("sizeof(A)=",sizeof(A));
       Print("sizeof(B)=",sizeof(B));
      }
    //+------------------------------------------------------------------+
    Conclusão:
    sizeof(A)=5
    sizeof(B)=8
    Mais informações sobre o alinhamento em estruturas estão disponíveis no MSDN.

  11. flexibilização dos requisitos para coerção de enumerações. Quando implicitamente convertido, o compilador substituirá automaticamente pelo valor da enumeração correta e exibirá um aviso.

    Para o seguinte código:
    enum Main
      {
       PRICE_CLOSE_,
       PRICE_OPEN_
      };
    
    input Main Inp=PRICE_CLOSE;
    //+------------------------------------------------------------------+
    //| Start function                                                   |
    //+------------------------------------------------------------------+
    void OnStart()
      {
      }
    O compilador emitirá um aviso:
    implicit conversion from 'enum ENUM_APPLIED_PRICE' to 'enum Main'
    'Main::PRICE_OPEN_' instead of 'ENUM_APPLIED_PRICE::PRICE_CLOSE' will be used
    Anteriormente, neste caso, era gerado o erro:
    'PRICE_CLOSE' - cannot convert enum
    Se enumerações são usadas incorretamente nos parâmetros de funções, o compilador ainda produzirá um erro.

  12. corrigidos erros de compilação de funções de modelo. Agora, ao usar funções de modelo sobrecarregadas, apenas a sobrecarga necessária é instanciada e não todas as existentes.
    class X {  };
    
    void f(int)  {  }
      
    template<typename T>
    void a(T*) { new T(2); }  // anteriormente neste lugar o compilador dava um erro
      
    template<typename T>
    void a()  { f(0); }
      
      
    void OnInit()  { a<X>(); }  

  13. otimizados alguns casos de acesso ao histórico de ticks através da função CopyTicks*.
  14. adicionada a nova função TesterStop que permite concluir o teste/otimização antes do planejado. Ao ser chamada, todo o histórico de negociação e o resultado do OnTester são transferidos para o terminal do cliente como durante a conclusão geral do teste/otimização.
  15. adicionada uma nova propriedade para indicadores personalizados #property tester_everytick_calculate. Ela é usada no testador de estratégias e permite ativar o cálculo de indicadores em cada tick.

Tester

  1. agora, com testes/otimização não visuais, todos os indicadores usados (padrão e personalizados) são calculados apenas por solicitação de dados. Os indicadores que contêm chamadas da função EventChartCustom e que usam o manipulador Ontimer são exceções. Anteriormente no testador de estratégias, após a chegada de qualquer tick (mesmo do instrumento de outra pessoa), todos os indicadores eram calculados incondicionalmente. Essa inovação acelerou significativamente os testes e a otimização.

    Para forçar o cálculo de indicadores em cada tick, adicione a propriedade #property tester_everytick_calculate para o programa.

    Os indicadores compilados por versões anteriores do compilador serão calculados como antes — em cada tick.

  2. corrigida a precisão da moeda de depósito ao testar/otimizar e gerar relatórios relevantes.
  3. otimizado e acelerado o funcionamento do testeador de estratégias.
  4. corrigidos vários erros de teste e otimização.

MetaEditor

  1. corrigida a busca de palavras inteiras. Agora, ao pesquisar, o sublinhado é contado como um caractere regular, não como um delimitador de palavras.

Documentação atualizada.

6 julho 2018
MetaTrader 5 build 1880: cálculo do histórico completo de instrumentos sintéticos

Terminal

  1. Adicionado o cálculo do histórico de preços de instrumentos sintéticos, para toda a profundidade de dados disponível.

    Para instrumentos sintéticos, a plataforma calcula o histórico de barras de minutos, com base nas barras de minutos dos instrumentos que compõem sua fórmula. Anteriormente, por padrão, o cálculo era feito apenas para os últimos dois meses do histórico. Um histórico mais profundo podia ser criado com uma solicitação explícita (ao rolar o gráfico para a esquerda ou chamar funções Copy). Agora o histórico é calculado em todos os dados disponíveis incondicionalmente.




    O histórico de preços de cada instrumento incluído na fórmula pode ter diferentes profundidades. É por isso que o cálculo é feito para o período mais curto. Por exemplo, a fórmula usa três instrumentos:

    • EURUSD com histórico até 2009.01.01
    • USDJPY com histórico até 2012.06.01
    • EURJPY com histórico até 2014.06.01

    Nesse caso, o histórico do instrumento sintético será calculado apenas de 2014.06.01 até o presente. Além dessa data, serão descartados outros 100 minutos para garantir a integridade do cálculo (na ausência de uma barra de minutos separada no histórico, no cálculo é usada a barra do minuto anterior).

    Se houver um histórico profundo, o cálculo do instrumento sintético pode levar muito tempo. Para que você possa ver imediatamente o seu gráfico, sem esperar todos os cálculos serem concluídos, primeiro é calculado o histórico dos últimos dois meses (semelhante ao que acontecia nas versões anteriores). Só depois disso começa o cálculo de um histórico anterior.

MQL5

  1. Adicionada a propriedade ACCOUNT_CURRENCY_DIGITS, isto é, o número de casas decimais para a moeda de depósito da conta. Para recebê-la, use a função AccountInfoInteger. A propriedade pode ser usada no cálculo independente do lucro para normalizar os valores obtidos.
  2. Corrigido o atraso de execução das funções Copy e funções i ao trabalhar com o timeframe semanal.
  3. Corrigidos erros na função WebRequest.

Tester

  1. Adicionada a possibilidade de teste único de EA após os resultados de otimização do arquivo de cache serem carregados.
  2. Acelerado o carregamento inicial do histórico de preços por agentes de teste locais.

Documentação atualizada.

26 junho 2018
MetaTrader 5 build 1870: adição de símbolos à Observação do mercado de acordo com o ISIN

Terminal

  1. A janela Observação do mercado foi adicionada a pesquisa de instrumentos de acordo com o "International Securities Identification Number" (ISIN). Agora você pode adicionar instrumentos de três maneiras: por nome, por descrição e por ISIN.



  2. Corrigida a degradação do desempenho da interface do usuário ao alterar a senha da conta de negociação.
  3. Corrigido o erro que em alguns casos causava o aumento da utilização da CPU pelo terminal do cliente.

MQL5

  1. Corrigida a transferência de cabeçalhos HTTP personalizados para funções WebRequest.
  2. Corrigido o comportamento da função Bars ao especificar a mesma data como o início e o fim do intervalo. Agora, se houver uma barra, ela retornará 1. Anteriormente, neste caso, a função retornava incondicionalmente 0.

Tester

  1. Corrigida a inicialização do teste em modo visual após a otimização para frente.
  2. Corrigida a classificação de resultados de otimização. Agora, ela leva em conta corridas com parâmetros de entrada incorretos (INIT_INCORRECT_PARAMETERS) e com um fator de lucro ausente.
  3. Corrigido o recálculo do gráfico de otimização genética após alterar o critério de otimização.

Documentação atualizada.

15 junho 2018
MetaTrader 5 build 1860: funções para trabalhar com barras em MQL5 e melhorias no testador de estratégias

Terminal

  1. Completamente redesenhado a caixa de diálogo de abertura de conta. Agora você primeiro seleciona a corretora de interesse e, em seguida, o tipo de conta que deseja abrir. Graças a isso, a lista de corretores se tornou mais compacta, uma vez que agora exibe nomes de empresas, em vez de mostrar todos os servidores disponíveis.

    Também para facilitar a busca, à lista foram adicionados logotipos de empresas. Se a corretora desejada não estiver na lista, basta digitar o nome da empresa ou o endereço do servidor na caixa de pesquisa e clicar em "Encontrar sua corretora".




    Para ajudar traders inexperientes, à caixa de diálogo foram adicionadas as descrições dos tipos de conta. Além disso, devido à atualização da General Data Protection Regulation (GDPR), ao abrir uma conta, agora podem ser exibidos os links para vários contratos e políticas de empresas corretagem:




    As possibilidades de abertura de contas reais foram significativamente expandidas. A função de upload documentos para confirmar a identidade e o endereço, anteriormente existente em terminais móveis, agora está disponível na versão desktop. Corretoras regulamentadas pelo MiFID podem agora solicitar todas as informações necessárias para a identificação do cliente, incluindo dados sobre emprego, renda, experiência comercial, etc. Tudo isso facilitará e agilizará a obtenção de contas reais, além de livrá-lo de burocracia desnecessária.




  2. Adicionada a exibição de valores de Stop Loss e Take Profit ao histórico de transações. Para as transações de entrada e reversão, elas são definidas de acordo com os valores das ordens Stop Loss e Take Profit, como resultado de que foram executadas. Para transações de saída, os valores de Stop Loss e Take Profit das respectivas posições são usados ​​no momento de seu fechamento. O último permite que você salve e exiba informações sobre o valor do Stop Loss e Take Profit na posição no momento em que foi fechada. Antes disso, tais informações não eram armazenadas em nenhum lugar, uma vez que a posição após o fechamento desaparece e o histórico de posições no terminal é formado com base em transações.




  3. Adicionada a exibição de valores de Stop Loss e Take Profit ao histórico de posições. Eles são preenchidos de acordo com o valor das transações Stop Loss e Take Profit que abrem e fecham as posições correspondentes.




  4. Agora, ao exibir ordens pendentes no gráfico, é usado o volume atual da ordem, em vez de implementar o solicitado inicialmente.




  5. Otimizada e significativamente acelerada a exibição do livro de ofertas no modo avançado com exibição de spread ativada.
  6. Otimizado o processamento de resultados de execução de pedidos de negociação. Em alguns casos, isso pode dar uma aceleração significativa de processamento.
  7. Corrigido o erro de funcionamento do Trailing Stop, em alguns casos levando ao envio de várias solicitações para alterações no nível de Stop Loss numa posição.
  8. Corrigida a colocação de volume mínimo e volume máximo, bem como o passo do volume nas propriedades de instrumentos personalizadas.
  9. Corrigido um erro devido ao qual a opção "Fixar a escala" não era levada em conta ao aplicar a escala ao gráfico do instrumento de negociação.
  10. Corrigido um erro que, em alguns casos, levava à coleta incorreta do histórico de ticks.

MQL5

  1. Aumentada a velocidade de trabalho de programas MQL5, graças à otimização adicional do código-fonte durante a compilação. Para aumentar a velocidade, recompile seus programas na nova versão do MetaEditor.
    Infelizmente, a otimização adicional levou à perda de compatibilidade dos novos programas com versões anteriores do terminal. Todos os programas compilados no MetaEditor versão 1860 e superior não serão iniciados nos terminais anteriores à versão 1860. Neste caso, os programas compilados nas versões anteriores do MetaEditor funcionarão nos novos terminais.

  2. Adicionadas as funções iTime, iOpen, iHigh, iLow, iClose, iVolume, iBars, iBarShift, iLowest, iHighest, iRealVolume, iTickVolume, iSpread. Essas funções são semelhantes àquelas usadas em MQL4. Assim, será mais fácil para os usuários transferir o código de programas de negociação para a plataforma de quinta geração.

    Anteriormente, a maioria das tarefas resolvidas por essas funções podiam ser executada facilmente usando as funções Copy *. No entanto, para encontrar os valores máximo/mínimo no gráfico e para procurar as barras segundo o tempo, o usuário tinha que implementar suas próprias funções. Agora pode ser facilmente executado usando as funções iHighest, iLowest e iBarShift.

    iTime
    Retorna o valor do tempo de abertura da barra (indicado pelo parâmetro shift) do gráfico correspondente.
    datetime  iTime(
       string           symbol,          // símbolo
       ENUM_TIMEFRAMES  timeframe,       // período
       int              shift            // deslocamento
       );

    iOpen
    Retorna o valor do preço de abertura da barra (indicado pelo parâmetro shift) do gráfico correspondente.
    double  iOpen(
       string           symbol,          // símbolo
       ENUM_TIMEFRAMES  timeframe,       // período
       int              shift            // deslocamento
       );

    iHigh
    Retorna o valor do preço máximo da barra (especificado pelo parâmetro shift) do gráfico correspondente.
    double  iHigh(
       string           symbol,          // símbolo
       ENUM_TIMEFRAMES  timeframe,       // período
       int              shift            // deslocamento
       );

    iLow
    Retorna o valor do preço mínimo da barra (indicado pelo parâmetro shift) do gráfico correspondente.
    double  iLow(
       string           symbol,          // símbolo
       ENUM_TIMEFRAMES  timeframe,       // período
       int              shift            // deslocamento
       );

    iClose
    Retorna o valor do preço de fechamento da barra (indicado pelo parâmetro shift) do gráfico correspondente.
    double  iClose(
       string           symbol,          // símbolo
       ENUM_TIMEFRAMES  timeframe,       // período
       int              shift            // deslocamento
       );

    iVolume
    Retorna o valor do volume do tick (especificado pelo parâmetro shift) do gráfico correspondente.
    long  iVolume(
       string           symbol,          // símbolo
       ENUM_TIMEFRAMES  timeframe,       // período
       int              shift            // deslocamento
       );

    iBars
    Retorna o número de barras - no histórico - do símbolo e do período correspondentes.
    int  iBars(
       string           symbol,          // símbolo
       ENUM_TIMEFRAMES  timeframe        // período
       );

    iBarShift
    Busca de barra pelo tempo. A função retorna o índice da barra na qual coincide o tempo especificado.
    int  iBarShift(
       string           symbol,          // símbolo
       ENUM_TIMEFRAMES  timeframe,       // período
       datetime         time,            // tempo
       bool             exact=false      // modo
       );

    iLowest
    Retorna o índice do menor valor encontrado (deslocamento em relação à barra atual) do gráfico correspondente.
    int  iLowest(
       string           symbol,          // símbolo
       ENUM_TIMEFRAMES  timeframe,       // período
       int              type,            // identificador de timeseries
       int              count,           // número de elementos
       int              start            // índice
      );

    iHighest
    Retorna o índice do maior valor encontrado (deslocamento em relação à barra atual) do gráfico correspondente.
    int  iHighest(
       string           symbol,          // símbolo
       ENUM_TIMEFRAMES  timeframe,       // período
       int              type,            // identificador de timeseries
       int              count,           // número de elementos
       int              start            // índice
      );

    iRealVolume
    Retorna o valor do volume real da barra (indicado pelo parâmetro shift) do gráfico correspondente.
    long  iRealVolume(
       string           symbol,          // símbolo
       ENUM_TIMEFRAMES  timeframe,       // período
       int              shift            // deslocamento
       );

    iTickVolume
    Retorna o valor do volume do tick (especificado pelo parâmetro shift) do gráfico correspondente.
    long  iTickVolume(
       string           symbol,          // símbolo
       ENUM_TIMEFRAMES  timeframe,       // período
       int              shift            // deslocamento
       );

    iSpread
    Retorna o valor do spread da barra (indicado pelo parâmetro shift) do gráfico correspondente.
    long  iSpread(
       string           symbol,          // símbolo
       ENUM_TIMEFRAMES  timeframe,       // período
       int              shift            // deslocamento
       );
  3. Adicionada a função TesterHideIndicators. Especifica o modo de exibir/ocultar os indicadores usados ​​no EA. A função se destina a controlar a visibilidade dos indicadores utilizados apenas durante o teste. Especifique o sinalizador true se você quiser ocultar os indicadores que estão sendo criados, caso contrário, false.
    void  TesterHideIndicators(
       bool      hide     // sinalizador
       );
  4. Adicionada a geração do evento CHARTEVENT_CLICK so clicar nos níveis de negociação do gráfico.
  5. Corrigido e otimizado o trabalho das funções CopyTicks.
  6. Corrigido o valor dado pelas funções SymbolInfoDouble para a propriedade SYMBOL_TRADE_LIQUIDITY_RATE.
  7. Corrigido o erro ao copiar matrizes de string com uma área de memória sobreposta.
  8. Corrigido o erro de alocação de matriz de string na função FileReadArray.
  9. Corrigidos vários erros na biblioteca MQL5 padrão.

Tester

  1. Completamente atualizado o sistema para trabalhar com o cache de otimização. O cache é os dados sobre as passagens de otimização calculados anteriormente. O testador de estratégias os armazena para retomar a otimização após uma pausa e para não recalcular as passagens de teste já calculadas.

    Mudanças no formato de armazenamento em cache
    Anteriormente, o cache de otimização era armazenado como um único arquivo XML, que incluía todas as passagens de otimização do EA com as configurações de teste especificadas. No mesmo arquivo os resultados da otimização eram obtidos com diferentes parâmetros de entrada.
    Agora, o cache de otimização é armazenado como arquivos binários separadamente para cada conjunto de parâmetros otimizados. Alterando o formato e reduzindo o tamanho dos arquivos, foi significativamente acelerado o trabalho do testador com o cache de otimização. Essa aceleração será especialmente notável com a continuação da otimização suspensa anteriormente.

    Visualização dos resultados das otimizações realizadas anteriormente
    Agora você pode ver os resultados de otimizações anteriores diretamente no testador de estratégias, sem analisar enormes arquivos XML em programas de terceiros. Clique na guia "Resultados de otimização", selecione o EA e o arquivo com o cache de otimização:



    A lista exibe todos os arquivos de cache de otimização que estão no disco para o Expert Advisor selecionado. Para cada arquivo são mostrados a data de otimização, configurações de teste (símbolo, timeframe, datas), bem como informações sobre os parâmetros de entrada. Além disso, você pode filtrar os resultados da otimização no servidor de negociação no qual eles são recebidos.

    Recálculo do critério de otimização em tempo real
    O critério de otimização é um determinado indicador cujo valor determina a qualidade de um conjunto testado de parâmetros de entrada. Quanto maior o valor do critério de otimização, melhor será avaliado o resultado do teste com tal conjunto de parâmetros.

    Anteriormente, ao otimizar, era calculado apenas um critério selecionado antes da otimização. Agora, ao visualizar os resultados, você pode alterar o critério de otimização em tempo real, o testador de estratégia recalculará automaticamente todos os valores.




    Como usar o cache de otimização manualmente
    Anteriormente, o cache de otimização era armazenado como um arquivo XML que podia ser aberto e analisado em programas de terceiros. Agora ele é armazenado em arquivos binários fechados. Para obter dados no formato XML, exporte-os por meio do menu de contexto da guia "Resultados de otimização".

  2. Adicionado a capacidade de especificar manualmente a moeda de depósito e o tamanho da alavancagem para teste e otimização. Anteriormente, a moeda de depósito era definida de acordo com a conta atual conectada. Assim, para alterá-lo, o usuário tinha que mudar para outras contas. O tamanho da alavancagem só podia ser selecionada numa lista predefinida, agora você pode especificar qualquer valor.

    Observe que, para testes corretos, na conta devem estar disponíveis os pares de moedas para conversão de lucros e margens na moeda de depósito especificada.




  3. Removido o banimento do uso de OpenCL em agentes de teste. Anteriormente, os dispositivos OpenCL só podiam ser usados ​​ao testar em agentes locais. Agora, os agentes podem usar todos os dispositivos OpenCL disponíveis (processador, placa de vídeo) ao trabalhar na rede local e na MQL5 Cloud Network.

MetaEditor

  1. Otimizado e acelerado o trabalho com o repositório de dados MQL5 Storage.
  2. Corrigido a retomada de depuração após a suspensão no arquivo MQH.
  3. Corrigidos erros no destaque do código-fonte no editor.
  4. Corrigido o erro de transição nos resultados de pesquisa.
  5. Corrigida a substituição massiva de texto. Em alguns casos, era substituída apenas a primeira ocorrência da sequência substituída, em vez de todas.

Documentação atualizada.

18 janeiro 2018
MetaTrader 5 build 1755

Terminal

  1. Corrigido erro, devido ao qual o terminal e MetaEditor bloqueava o desligamento e reinicialização do Windows.
  2. Corrigida a colocação do recuo do gráfico, ao implementar o modelo.

MQL5

  1. Corrigidos erros que levavam à degradação do desempenho de compilação sob determinadas condições.

Correções de crash-logs.

12 janeiro 2018
MetaTrader 5 build 1745

MetaTrader 5 build 1745 é a versão mais recente da plataforma de negociação, ela suporta o Microsoft Windows XP/2003/Vista.

Alguns meses atrás, nós anunciamos o fim do suporte a versões mais antigas dos sistemas operacionais. Windows 2003, Windows Vista e, em particular, Microsoft Windows XP estão desatualizados. Há um ano, a Microsoft deixou de dar suporte ao Windows XP 3, uma vez que limitações técnicas não permitiam implementar todo o potencial do hardware.

MetaTrader 5 build 1745, bem como versões liberadas anteriormente continuarão a trabalhar nesses sistemas operacionais, mas sem atualizações. Além disso, nesses sistemas operacionais, não serão executados instaladores.

A versão mínima para trabalhar com o MetaTrader 5 é o Windows 7, no entanto recomendamos que você use a versão de 64 bits do Windows 10.

Terminal

  1. No instalador, adicionada a chave /auto. Ela permite instalar o programa automaticamente, sem quaisquer ações adicionais por parte do usuário. Ao executar o instalador com esta chave, não são mostradas configurações de instalação, o terminal é instalado imediatamente no menu "Iniciar". Exemplo de inicialização:
    C:\mt5setup.exe /auto
  2. Corrigido o trabalho quando o usuário do sistema operativo não tem permissões suficientes.
  3. Corrigido o consumo desnecessário de CPU quando o terminal não realiza nenhuma ação ativa (sem gráficos em andamento nem ações por parte do utilizador).
  4. Ativada a compressão automática de arquivos *.log, no nível do sistema de arquivos. Isso reduz a quantidade de espaço em disco para logs.
  5. Aumentado o volume de cache com testes individuais, o que acelera o funcionamento em sistemas operativos de 64 bits.

Tester

  1. Corrigida a otimização de robôs de negociação através da rede de computação em nuvem MQL5 Cloud Network. Podiam ocorrer problemas em produtos adquiridos na loja MetaTrader Market.
  2. Corrigida a formação de spreads nas barras geradas no modo de teste "Todos os ticks".
  3. Corrigida a seleção do dispositivo OpenCL no testador de estratégias. O testador visual agora tem acesso a todos os dispositivos OpenCL disponíveis.
  4. Habilitada a compressão automática de arquivos *.log, no nível do sistema de arquivos. Isso reduz a quantidade de espaço em disco para logs.

MQL5

  1. Corrigida a remoção de barras do instrumento personalizado usando o método CustomRatesDelete.

Correções de crash-logs.
Documentação atualizada.
20 dezembro 2017
MetaTrader 5 build 1730: projetos no MetaEditor e instrumentos sintéticos

Fim do suporte a versões antigas dos terminais!

Na nova versão da plataforma será descontinuado o suporte a terminais desktop e móveis das versões mais antigas:

  • Terminal do cliente: versões inferiores à 730 de 23 de setembro 2012
  • Terminal móvel para iPhone: versões inferiores à 1171 de 11 de novembro de 2015
  • Terminal móvel para Android: versões inferiores à 1334 de 5 agosto de 2016
Não será possível conectar esses terminais aos servidores de novas versões. Recomendamos que você atualize antes seus terminais.

Modificado o protocolo de trabalho com o MQL5 Storage

Para dar suporte a novos projetos de grupo, foi modificado o protocolo de trabalho com o armazenamento online MQL5 Storage. Infelizmente, após a atualização para uma nova versão da plataforma, você terá que re-extrair todos os dados a partir do repositório. Os dados armazenados nele não serão nem afetados nem perdidos.

Antes de atualizar para uma nova versão da plataforma, recomendamos que você envie todas as alterações locais para o repositório (executar Commit).

Terminal

  1. Adicionado recurso para criar instrumentos financeiros sintéticos, isto é, instrumentos com base em um ou mais dos que temos disponíveis. Basta especificar a fórmula para calcular as cotações, e a plataforma em tempo real gera os ticks do instrumento sintético, bem como cria seu histórico de minuto.

    Como isso acontece?
    • Você cria um instrumento sintético, especificando uma fórmula para ele.
    • A plataforma contará seus ticks a uma frequência de 10 vezes por segundo (só se o preço de pelo menos um dos instrumentos incluídos na fórmula mudar).
    • A plataforma computa o histórico de barras de minutos - durante os últimos dois meses - com base nas barras de minutos dos instrumentos incluídos na fórmula. Todas as barras novas (atuais e ulteriores) serão construídas em tempo real com base nos ticks gerados do instrumento sintético.

    Por exemplo, você pode criar uma ferramenta que mostrará o índice do dólar (USDX). Sua fórmula é a seguinte:

    50.14348112 * pow(ask(EURUSD),-0.576) * pow(USDJPY,0.136) * pow(ask(GBPUSD),-0.119) * pow(USDCAD,0.091) * pow(USDSEK,0.042) * pow(USDCHF,0.036)

    Nota: na fórmula original do índice do dólar, são usados os pares USDEUR e USDGBP. Como na plataforma há apenas pares invertidos, na fórmula do instrumento sintético para eles é usada uma potência negativa e o preço Ask, em vez do Bid.

    A plataforma calculará em tempo real o preço do novo instrumento com base nas cotações de outros seis instrumentos diferentes fornecidos pela sua corretora. Na Observação do mercado e no gráfico, você pode ver como se altera seu preço:




    Crie um novo instrumento personalizado, abra sua especificação e insira a fórmula:




    Por conveniência, o editor de fórmulas exibe uma lista de opções enquanto você digita os nomes dos instrumentos e funções.

    Cálculo de ticks e de barras de minuto do instrumento sintético começará quando ele é adicionado à "Observação do mercado". Além disso, todos os símbolos necessários para seu cálculo são adicionados automaticamente à "Observação do mercado". Ao diário da plataforma será adicionado o registro sobre o início do cálculo: Synthetic Symbol USDX: processing started.
    • Cálculo do instrumento sintético é interrompido quando ele é oculto na "Observação do mercado".
    • Os símbolos que estão sendo utilizados para o cálculo dos instrumentos sintéticos não podem ser ocultos da "Observação do mercado".

    Cálculo de cotações em tempo real
    A cada 100 ms (dez vezes por segundo) é verificado se o preço de pelo menos um dos instrumentos envolvidos na fórmula mudou. Se assim for, ocorrerá o cálculo do preço do instrumento sintético e será gerado um tick. O cálculo é realizado paralelamente em três fluxos para os preços Bid, Ask e Last. Por exemplo, se, na fórmula, for especificado EURUSD*GBPUSD, o cálculo do instrumento sintético será como se segue:

    • Bid - bid(EURUSD)*bid(GBPUSD)
    • Ask - ask(EURUSD)*ask(GBPUSD)
    • Last - last(EURUSD)*last(GBPUSD)

    A presença de alterações é verificada para cada preço separadamente. Por exemplo, como, durante o cálculo, no instrumento-fonte só foi o preço Bid que se alterou, então, para o tick do instrumento sintético foi calculado apenas o preço onde houve mudanças.

    Traçado do histórico de barras de minuto
    Além da coleta de ticks em tempo real, a plataforma cria um histórico de minuto para o instrumento sintético. Assim, o trader pode, da mesma maneira como o faria com instrumentos convencionais, ver seus gráficos, realizar a análise técnica usando os objetos e indicadores.

    Assim que o trader adiciona um instrumento sintético à Observação do mercado, a plataforma verifica se exite algum histórico de minuto reservado para ele. Se não for assim, ele será criado para os últimos 60 dias, o que é cerca de 50 000 barras. Se, nas configurações da plataforma, no parâmetro "Máx. de barras na janela", for definido um valor menor, será usada essa restrição.

    Quando uma parte das barras em este período já está construída, a plataforma criar as que estão em falta. É só quando se tenta consultar o período correspondente no gráfico que se cria um histórico mais em profundidade, caso esse período for rolado para cima ou consultado a partir de programas em linguagem MQL5).

    O histórico de barras de minuto, do instrumento sintético, é calculado com base nas barras de minuto (e não de ticks) dos instrumentos incluídos na fórmula. Por exemplo, para calcular o preço Open da barra de minuto do instrumento sintético, a plataforma toma os preços Open dos instrumentos incluídos na fórmula. Da mesma forma, é realizado o cálculo para os preços High, Low e Close.

    Se qualquer um dos instrumentos da fórmula não tiver a barra de minuto necessária, a plataforma será obrigada a calcular usando o preço Close da barra anterior. Vamos supor que estamos usando três instrumentos: EURUSD, USDJPY e GBPUSD. Se não for encontrada a barra correspondente ao minuto 12:00 durante seu cálculo, serão usados os seguintes preços:

    • Para Open - EURUSD Open 12:00, USDJPY Close 11:59, GBPUSD Open 12:00
    • Para High - EURUSD High 12:00, USDJPY Close 11:59, GBPUSD High 12:00
    • Para Low - EURUSD Low 12:00, USDJPY Close 11:59, GBPUSD Low 12:00
    • Para Close - EURUSD Close 12:00, USDJPY Close 11:59, GBPUSD Close 12:00

    Se nenhum dos instrumentos da fórmula tiver certa barra de minuto, a barra correspondente no instrumento sintético também não não será calculada.

    Traçado de novas barras de minuto
    Todas as barras novas (atuais e ulteriores) do instrumento sintético são construídas com base nos ticks gerados. O preço segundo o qual são construídas as barras depende do parâmetro "Plotagem de gráficos" na especificação:



    Operações a serem usadas na fórmula do instrumento
    Na fórmula, podem-se usar dados de preços, bem como algumas propriedades dos símbolos (fornecidas pela corretora). Para fazer isso, insira:

    • Nome do símbolo - dependendo de qual o preço do instrumento sintético é calculado, na fórmula será usado o preço Bid, Ask ou Last do instrumento especificado. Por exemplo, especificado EURUSD*GBPUSD, o Вid é calculado como bid(EURUSD)*bid(GBPUSD), enquanto o preço Ask - como ask(EURUSD)*ask(GBPUSD).
    • bid(nome do símbolo) - para o cálculo do preço Bid do instrumento sintético será usado - incondicionalmente - o preço Bid do símbolo especificado. Na verdade, esta variação coincide com a anterior (sem especificar o tipo de preço).
    • ask(nome do símbolo) - para o cálculo do preço Bid do instrumento sintético será usado - incondicionalmente - o preço Ask do símbolo especificado. Para o cálculo do preço Ask será usado o preço Bid do instrumento especificado. Para o cálculo do preço Last será usado o preço Last do instrumento especificado. Por exemplo, se você especificar ask(EURUSD)*GBPUSD, o cálculo é o seguinte:
      • Вid = ask(EURUSD)*bid(GBPUSD)
      • Ask = bid(EURUSD)*ask(GBPUSD)
      • Last = last(EURUSD)*last(GBPUSD)
    • last(nome do símbolo) - preço Last do símbolo especificado será usado durante o cálculo de todos os preços do instrumento sintético (Bid, Ask e Last). Por exemplo, se você definir last(EURUSD)*GBPUSD, o cálculo é o seguinte:
      • Вid = last(EURUSD)*bid(GBPUSD)
      • Ask = last(EURUSD)*ask(GBPUSD)
      • Last = last(EURUSD)*last(GBPUSD)
    • volume(nome do símbolo) - na fórmula será usado o volume do tick do instrumento especificado. Verifique que as informações dos volumes são transmitidas para o instrumento especificado.
    • point(nome do símbolo) - na fórmula será colocado em seu lugar o tamanho da alteração mínima do preço do instrumento especificado.
    • digits(nome do símbolo) - na fórmula será colocado em seu lugar o número de casas decimais no preço do instrumento especificado.

    Se o personagem tem um nome complexo (contendo hífens, pontos, etc.), deve estar entre aspas. Por exemplo, "RTS-6.17".
    Na fórmula, pode-se utilizar operações aritméticas tais como a adição (+), a subtração (-), multiplicação (*), divisão (/) e o resto da divisão (%). Por exemplo, EURUSD+GBPUSD indica que o preço é calculado como a soma dos preços EURUSD e GBPUSD. Também na fórmula pode ser usado o menos unário para alterar o sinal, por exemplo: -10*EURUSD.

    É dada prioridade à execução de operações aritméticas:

    • As operações de multiplicação, divisão e resto da divisão são executadas primeiro, logo, a adição e a subtração.
    • Operações são realizadas da esquerda para a direita. Se, na fórmula, forem utilizadas várias operações com a mesma prioridade (por exemplo, multiplicação e divisão), a primeira operação realizada é a do lado esquerdo.
    • Para alterar a prioridade das operações, pode-se usar parênteses (e). As expressões entre parênteses têm a maior prioridade durante o cálculo. Para elas também se aplica o princípio da esquerda para a direita, isto é, primeiro, são avaliadas as expressões entre parênteses, mais à esquerda, na fórmula.

    Além disso, na fórmula, é possível usar as constantes:

    • Numéricas (inteiros e reais com ponto). Por exemplo, EURUSD*2+GBPUSD*0.7.
    • Propriedades do símbolo _Digits e _Point. Eles adicionam à fórmula as propriedades do símbolo personalizado a partir da especificação. _Digits é o número de dígitos após o ponto decimal no preço do instrumento, _Point é o tamanho da variação mínima no preço do instrumento.

    Além disso, na fórmula é possível utilizar todas as funções matemáticas habilitadas para linguagem MQL5, exceto MathSrand, MathRand e MathIsValidNumber: Para todas as funções apenas são usados nomes curtos: fabs(), acos(), asin(), etc.

  2. Adicionado o recurso que permite adicionar cotações para instrumentos personalizados em tempo real. Agora, em MQL5, pode-se programar um expert que adiciona quaisquer cotações de acordo com o instrumento personalizado definido. Para fazer isso, usa-se a nova função CustomTicksAdd.
    int  CustomTicksAdd(
       const string           symbol,       // nome do símbolo
       const MqlTick&         ticks[]       // matriz com dados de ticks que é necessário aplicar ao instrumento personalizado
       );
    A função CustomTicksAdd permite enviar ticks, como se viessem do servidor da corretora. Os dados não são gravados diretamente no banco de ticks, em vez disso, são enviados para a janela "Observação do mercado". Em seguida, a partir dela, o terminal armazena ticks em seu banco de dados. Quando o volume de dados enviados numa única chamada é muito grande, a função muda o seu comportamento para economizar recursos. Ao carregar mais de 256 ticks, os dados são divididos em duas partes. A primeira parte (a maior) é imediatamente gravada no banco de ticks (como o faz CustomTicksReplace). A segunda parte, que consiste nos últimos 128 ticks, é enviada através da janela "Observação do mercado" e, em seguida, é armazenada na base do terminal.

  3. Adicionada a exibição de preços High e Low na Observação do mercado. Por padrão, essas colunas estão desabilitadas. Elas podem ser ativadas através do menu de contexto:




    Para instrumentos cujos gráficos são construídos nos preços Bid (indicado na especificação) são mostrados os preços Bid High e Bid Low. Para instrumentos cujos gráficos são construídos nos preços Last são mostrados os preços Last High e Last Low.
    Juntamente com as colunas High/Low é ativada automaticamente a coluna Last, se, na Observação do mercado, há pelo menos um instrumento cujos gráficos são construídos nos preços Last.

  4. Adicionado recurso para editar o histórico de ticks de instrumentos financeiros personalizados. Clique em "Símbolos" no menu de contexto da Observação do mercado, selecione o instrumento personalizado e solicite o intervalo de dados necessário na guia "Ticks".

    • Para alterar o valor, clique duas vezes sobre ele.
    • Para adicionar ou apagar entradas, use o menu de contexto.
    • Para excluir várias barras/ticks, selecione-os com o mouse, mantenha pressionada a tecla Shift ou Ctrl+Shift.


    Por conveniência, as entradas modificadas são destacadas:

    • fundo verde — entrada alterada
    • fundo cinza — entrada excluída
    • fundo amarelo — entrada adicionada

    Para salvar as alterações, clique em "Aplicar alterações" na parte inferior da janela.

  5. Adicionada a exibição de contas prévias na árvore do Navegador.

    Traders podem enviar a corretoras pedidos para abrir contas reais diretamente a partir de terminais desktop. Para fazer isso, basta preencher um formulário simples com informações de contato, como ao abrir uma conta de demonstração. Após isso, para o trader, é criada uma conta prévia especial. Em seguida, a corretora entre em contato com o trader para formalizar relacionamento com o cliente e transformá-la em conta real.




  6. Adicionada a exibição do tempo em milissegundos na Janela de cotações:




  7. Rastreamento mais rápido de servidores disponíveis na caixa de diálogo da nova conta.
  8. Corrigida a exibição do objeto gráfico "Linha de tendência" com as opções "Raio para esquerda" e "Raio para a direita" ativadas.
  9. Otimizado o trabalho com muitas mensagens no correio interno (centenas de milhares).
  10. Otimizado o funcionamento do terminal com muitos instrumentos financeiros (50 mil ou mais).
  11. Adicionado recurso para otimização do histórico de ticks de instrumentos personalizados realizada após a edição do histórico.

MetaEditor

  1. Projetos com recursos completos estão agora disponíveis no MetaEditor. O processo de desenvolvimento de programas se tornou muito mais conveniente.

    Agora o arquivo de programa principal MQ5 não é apresentado como projeto. O projeto é um arquivo separado "MQPROJ", em que são armazenadas as configurações do programa, os parâmetros de compilação e informações sobre todos os arquivos utilizados. O acesso às principais configurações do projeto é organizado através de uma caixa de diálogo separada, não há mais necessidade de especificá-las no código fonte através de #property.

    Para o trabalhar facilmente com o projeto, existe uma guia separada no Navegador. Ela mostra todos os arquivos usados por categorias: incluídos, de recurso, de cabeçalhos, etc. Além disso, os arquivos são adicionados ao navegador do projeto automaticamente. Por exemplo, se você habilitar um novo arquivo MQH no código, ele será exibido automaticamente na seção "Dependencies" do navegador.
    Ao mesmo tempo, nós tornamos possível trabalhar com novos projetos no repositório online MQL5 Storage. Agora, o desenvolvimento de grandes projetos pode ser realizado conjuntamente com outros participantes da MQL5.community.

    Para trabalhar com projetos em grupo, foi adicionada a nova seção Shared Projects. O projeto criado nesta seção é imediatamente enviado para o repositório: você pode distribuir rapidamente permissões de acesso a ele a outros participantes e começar o desenvolvimento conjunto.




    Quando você compila o projeto no Shared Project, o executável EX5 é automaticamente copiado no catálogo local Experts, Indicators ou Scripts, dependendo do tipo de programa. Você pode imediatamente executar o programa dentro do gráfico, sem ter que copiar os arquivos manualmente de cada vez.


    Alterações no trabalho com o repositório MQL5 Storage

    Para uma experiência completa com projetos em grupo, foi refeito o protocolo de trabalho com o repositório MQL5 Storage. Infelizmente, após a atualização para uma nova versão da plataforma, você terá que re-extrair todos os dados a partir do repositório. Os dados armazenados nele não serão nem afetados nem perdidos.

    Antes de atualizar para uma nova versão da plataforma, recomendamos que você envie todas as alterações locais para o repositório (executar Commit).

    Agora o comando "Extrair dados do repositório" (Checkout from Storage) está indisponível. Para extrair dados, são usados os comandos "Ativar MQL5 Storage" e "Obter arquivo do repositório":

    • Se, na cópia atual do MetaEditor, você ainda não tiver usado o repositório, clique no botão "Ativar MQL5 Storage" no menu contextual da janela "Navegador". Todos os diretórios e arquivos em seu repositório serão transferidos para um computador local.
    • Se você já estiver trabalhando com o repositório, para extrair dados, clique em "Obter arquivos do repositório" no menu contextual do elemento raiz MQL5 na janela "Navegador".

    Novos projetos: exemplo de criação e detalhes de trabalho

    Ao MetaEditor foi adicionado o projeto. Trata-se de um arquivo com extensão mqproj, em que são armazenadas as propriedades gerais do programa, bem como informações sobre todos os arquivo utilizados. Agora é possível gerenciar facilmente as propriedades do programa numa caixa de diálogo separada do MetaEditor, em vez de alterá-las manualmente no código-fonte (diretiva #property).

    Se você já tiver um projeto, a maneira mais fácil de experimentar novos projetos é usar o comando "Novo projeto a partir do arquivo-fonte."




    No diretório em que o arquivo selecionado está localizado, será criado um novo arquivo de projeto com o mesmo nome e a extensão mqproj. As principais propriedades do programa especificadas no código-fonte via #property serão automaticamente adicionadas ao projeto, incluindo o nome, direitos de autor, versão, link para o site e programa de descrição do desenvolvedor.

    Ao conjunto de propriedades do programa no arquivo de projeto é dada uma prioridade mais elevada do que às propriedades especificadas no código do programa. Se propriedades são especificadas tanto no projeto quanto no arquivo de origem, serão usadas as propriedades do projeto.




    Foram adicionadas duas novas opções para compilar programas MQL5:

    • Ativar otimização adicional: aplicativo com otimização desativada são compilados mais rápido, mas trabalham mais devagar.
    • Verificar separadores de ponto flutuante: aplicativos com teste desativado correm ligeiramente mais rápido, porque a divisão por zero não é verificada durante a execução do código.

    Para trabalhar com o projeto, use a guia separada "Projeto" na janela "Navegador". Todos os arquivos usados no projeto são exibidos nesta guia convenientemente. Quando um projeto é gerado a partir de um arquivo de origem, todos os arquivos anexados (especificados usando a diretiva #include no arquivo MQ5 principal e em todos os arquivos incluídos no mesmo) são automaticamente adicionados à seção "Dependencies".

    Quando você adiciona novos arquivos no código fonte, eles também aparecerão no Navegador do projeto. Os arquivos de cabeçalho usados serão adicionados à seção Headers, enquanto as imagens, sons e outros programas MQL5 são adicionados ao projeto como recursos na seção Resources. Na seção Sources, são exibidos os arquivos MQ5 com código-fonte. Na seção Settings and files, pode-se adicionar outros arquivo, por exemplo, configurações de teste e modelos de gráficos.

    Para adicionar arquivos existentes a um projeto ou para excluir os arquivos a partir dele, use os comandos do menu contextual. Tenha cuidado ao excluir, pois você pode estar removendo um arquivo de projeto (remover a ligação) ou completamente excluí-lo do disco rígido:




    Criar um novo projeto é tão facilmente como a criação de um programa MQL5 convencional. Clique em "Novo projeto", selecione o tipo de programa e especifique suas propriedades (nome, manipuladores de eventos, etc.) no Assistente MQL5, no modo normal.

    Para obter um arquivo executável EX5, você pode abrir um projeto e pressionar F7 (o comando de compilação) ou abrir o arquivo MQ5 principal do programa e compilá-lo.


    Projetos em grupo no MQL5 Storage: detalhes de trabalho

    Projetos em grupo são gerenciados a partir da seção Shared Projects. Se você não tiver conectado o repositório ainda, execute o comando Activate MQL5 Storage no menu de contexto desta pasta. MetaEditor verificará se o seu armazenamento contém dados armazenados e se existem quaisquer projetos disponíveis para você. Os dados existente serão recuperados do seu repositório e carregados na seu computador (Checkout). Os projetos em grupo serão exibidos na seção Shared Project, para extrai-los clique em "Extrair arquivos do repositório" no menu contextual.

    Para criar um novo projeto grupal, selecione a pasta Shared Projects e clique em "Novo projeto":




    Em seguida, complete as etapas do Assistente MQL5: defina o tipo, nome e propriedades do futuro programa. Para projetos em grupo, escolha nomes claros e compreensíveis, para que os outros participantes possam encontrá-los facilmente. Nos nomes dos projetos só podem ser usadas letras latinas sem espaços.

    Imediatamente após a criação do projeto, ele é automaticamente adicionado ao repositório MQL5 Storage. Os arquivos usados pela biblioteca padrão no repositório não são adicionados, você pode adicioná-los manualmente, se necessário.

    Para permitir outros participantes trabalharem com o projeto, abra suas propriedades. Você pode, especificando o login da MQL5.community, conceder permissões a usuários, bem como estabelecer os parâmetros gerais do trabalho em grupo:

    • Projeto privado
    • Livre para se juntar ao projeto
    • Participação no projeto a pedido




    A fim de facilitar o trabalho, ao compilar o projeto grupal, o executável final (EX5) é copiado automaticamente na pasta Experts, Indicators ou Scripts, dependendo do tipo de programa. Assim, você pode executar imediatamente o programa no terminal, sem ter que copiá-lo manualmente no diretório desejado.


    Projetos públicos no MQL5 Storage: participação no desenvolvimento

    Como mencionado acima, cada projeto em grupo, na MQL5 Storage, tem configurações de disponibilidade ao público: o projeto pode ser privado ou aberto à participação de outros usuários. Agora, todos os projetos com participação livre são exibidos na guia separada "Projetos públicos".

    Todo mundo pode encontrar um projeto interessante e participar em seu desenvolvimento. Basta pressionar "Ingressar" e, em seguida, receber o projeto a partir do repositório.




    Após ingressar, cada usuário recebe o direito apenas de visualizar o projeto. A fim de obter os direitos para enviar suas próprias alterações ao repositório, entre em contato com o autor do projeto. Para saber seu login, abra as propriedades do projeto no menu de contexto.

  2. Adicionada a capacidade de inserir facilmente diferentes propriedades e recursos no código do programa. Por exemplo, você pode adicionar rapidamente no código um arquivo. Selecione o comando "Inserir - MQH como #incude", e, em seguida, escolha o arquivo a ser incluído na janela que se abre. Após isso, ao código de programa é adicionada a diretiva #include com o caminho apropriado para o arquivo selecionado.




    O mesmo menu do código do programa permite a adição de arquivos como uma matriz binária ou de texto. Por exemplo, você pode transferir modelos de gráficos junto com experts/indicadores: habilite seu modelo no código do programa na forma de uma matriz, em seguida, use a função FileSave para guardá-lo disco. Depois disso, o modelo pode ser aplicado a um gráfico utilizando a função ChartApplyTemplate.
    //+------------------------------------------------------------------+
    //| Script program start function                                    |
    //+------------------------------------------------------------------+
    void OnStart()
      {
    //--- arquivo de modelo como matriz binária
       unsigned char my_template[]=
         {
          0xFF,0xFE,0x3C, ... ,0x00 // a matriz de dados é reduzida
         };
    //--- armazenamento e implementação do modelo
       if(FileSave("my_template.tpl",my_template))
         {
          Print("Custom template saved in \\MQL5\\Files");
          if(ChartApplyTemplate(0,"\\Files\\my_template.tpl"))
             Print("Custom template applied to the current chart");
          else
             Print("Failed to apply custom template");
         }
       else
          Print("Failed to save custom template");
      }

  3. Adicionada funcionalidade para conversão de linhas entre formatos ASCII, HEX e Base64. Selecione a linha no código-fonte e clique no comando adequado no menu "Editar - Converter":




  4. Corrigida a pesquisa por arquivos sem diferenciação de maiúsculas e minúsculas.
  5. Corrigido o bug no depurador durante o cálculo dos valores da expressão do tipo x.y[0][1].z.
  6. Corrigida a navegação pelo código usando os botões "Anterior" e "Avançar".

MQL5

  1. Adicionado o novo serviço online para proteção secundária de programas MQL5, o MQL5 Cloud Protector. Esta proteção é semelhante com a utilizada na mais grande loja de aplicativos de negociação, o Mercado MetaTrader, onde arquivos de produtos (EX5) enviados por vendedores são ainda compilados em código nativo.

    Agora, este tipo de proteção está disponível para todos os usuários da plataforma. Basta executar o comando Serviço - MQL5 Cloud Protector no MetaEditor. Esta proteção difere da do Mercado em que o arquivo não está ligado ao computador do usuário. Arquivos protegidos pela MQL5 Cloud Protector podem ser executados em qualquer computador como arquivos EX5 convencionais.
    O serviço MQL5 Cloud Protector é seguro. Proteção adicional é aplicada apenas no arquivo já compilado. O código-fonte não é enviado para nenhum lugar. Primeiro, o programa é compilado num arquivo EX5, no computador do usuário, em seguida, o arquivo compilado é enviado através de uma conexão criptografada ao serviço, onde é protegido e devolvido ao utilizador.



  2. Adicionadas funções para trabalhar com instrumentos financeiros personalizados.

    Função Ação
    CustomSymbolCreate Cria um símbolo personalizado com o nome especificado no grupo definido
    CustomSymbolDelete Remove o símbolo personalizado com o nome especificado
    CustomSymbolSetInteger Define o valor do tipo inteiro para o símbolo personalizado
    CustomSymbolSetDouble Define o valor do tipo real para o símbolo personalizado
    CustomSymbolSetString Define o valor do tipo cadeia de caracteres para o símbolo personalizado
    CustomSymbolSetMarginRate Define o coeficiente de cobrança da margem - dependendo do tipo e direção da ordem - para o símbolo personalizado
    CustomSymbolSetSessionQuote Define a hora de início e fim da sessão de cotação especificada para o símbolo especificado e dia da semana
    CustomSymbolSetSessionTrade Define a hora de início e fim da sessão de negociação especificada para o símbolo especificado e dia da semana
    CustomRatesDelete Exclui todas as barras no histórico de preço do instrumento personalizado, no intervalo de tempo selecionado
    CustomRatesReplace Substitui todo o histórico de preços do instrumento personalizado pelos dados na matriz do tipo MqlRates, no intervalo de tempo definido
    CustomRatesUpdate Adiciona ao histórico do instrumento personalizado as barras que faltam e substitui os dados existentes na matriz do tipo MqlRates
    CustomTicksAdd Adiciona dados de uma matriz do tipo MqlTick ao histórico de preços de um símbolo personalizado. O símbolo personalizado deve ser selecionado na janela Market Watch (Observação do mercado).
    CustomTicksDelete Exclui todos os ticks no histórico de preço do instrumento personalizado, no intervalo de tempo selecionado
    CustomTicksReplace Substitui todo o histórico de preço do instrumento personalizado pelos dados na matriz do tipo MqlTick, no intervalo de tempo definido

  3. Adicionadas Coleções de dados genéricas à biblioteca padrão, elas contêm classes e interfaces para definição de coleções com base em modelos. As novas coleções fortemente tipadas proporcionam uma maior comodidade e desempenho durante manipulação de dados do que as coleções tipadas convencionais.

    A biblioteca está localizada no diretório de trabalho do terminal na pasta Include\Generic.

  4. adicionado o suporte a modelos para dados do tipo union.
  5. Adicionada a propriedade do instrumento de negociação SYMBOL_VISIBLE. Chamada de SymbolInfoInteger(symbol, SYMBOL_VISIBLE) retorna false, se o símbolo especificado não é visível na Observação do mercado.
  6. Adicionado o evento CHARTEVENT_MOUSE_WHEEL. Este evento é chamado ao rolar o pressionar a roda do mouse no gráfico (se para ele é definida propriedade CHART_EVENT_MOUSE_WHEEL=true).
  7. Adicionadas novas propriedades do gráfico:

    • CHART_EVENT_MOUSE_WHEEL - ativar/desativar a geração do evento de rolagem e pressionado de roda do mouse no gráfico CHARTEVENT_MOUSE_WHEEL. Valores possíveis: 0 e 1.
    • CHART_CROSSHAIR_TOOL - habilitar/desabilitar o recurso de alternância de mouse no modo "fio de retículo" pressionando o botão do meio do mouse. Valores possíveis: 0 e 1.
    • CHART_CONTEXT_MENU - habilitar/desabilitar a exibição do menu de contexto pressionando o botão direito do mouse no gráfico. Valores possíveis: 0 e 1.

  8. Agora ao calcular a escala da janela do indicador não são levados em conta os buffers de desenho com o estilo DRAW_NONE.
  9. Adicionada a geração do evento CHARTEVENT_CHART_CHANGE ao definir a propriedade CHART_SCALEFIX (escala fixa) para o gráfico.
  10. Adicionada a função ArraySwap, ela permite compartilhar rapidamente conteúdo de matrizes dinâmicas.
    bool  ArraySwap(
       void&  array1[],      // primeira matriz
       void&  array2[]       // segunda matriz
       );
    A função implementa matrizes dinâmicas do mesmo tipo e as mesmas dimensões. Para matrizes multidimensionais, o número de elementos em todas as dimensões, excepto o primeiro, tem de ser o mesmo.

  11. Adicionada a nova propriedade TERMINAL_RETRANSMISSION - porcentagem de pacotes de rede re-enviados (re-transmits) no protocolo TCP/IP para todos os aplicativos e serviços executados no computador. A perda de pacotes ocorre mesmo em redes rápidas e configuradas corretamente. Quando ela ocorre, não há confirmação do fornecimento de pacotes entre o receptor e o remetente. Por conseguinte, pacotes perdidos são reenviados.

    O terminal não calcula esse valor; ele é solicitado uma vez por minuto a partir do sistema operacional. Além disso, não é uma indicação da qualidade da conexão entre um terminal particular e um servidor de negociação, uma vez que a porcentagem é calculada para toda a atividade da rede, incluindo de sistema e de atividade de fundo.
    Propriedade TERMINAL_RETRANSMISSION adicionada à enumeração ENUM_TERMINAL_INFO_DOUBLE, para acessá-la, usa-se a função TerminalInfoDouble.
  12. Aprimorado o trabalho com o histórico de negociação.

Signals

  1. Corrigida a colocação do tipo de execução de ordem com base no resíduo (filling) durante o fechamento forçado de posições abertas com o sinal. Nas configurações de cópia dos sinais existe a opção "Stop, se a conta for inferior a US$ XXX": se o nível de fundos na conta cair abaixo do indicado, a cópia dos sinais de negociação é automaticamente interrompida, todas as posições são forçosamente fechadas. Anteriormente, após o fechamento forçado de posições, em alguns casos, para ordens de fechamento, o tipo de preenchimento era indicado de maneira incorreta. Agora, o terminal verifica os tipos de preenchimento permitidos nas configurações do símbolo e especifica a opção válida nas ordens.

Tester

  1. O comportamento da função HistoryOrderSelect no testador de estratégias é alinhado com o terminal do cliente.
  2. O coportamento das funções CopyTicks e CopyTicksRange no testador de estratégias é alinhado com o terminal do cliente.
  3. Otimizada a exibição de objetos gráficos para os testes no modo visual.
  4. Corrigida a exibição de resultados de teste de instrumentos bolsistas (com modelo bolsista de gestão de risco). Agora, o gráfico mostra apenas o capital (equity), o saldo e a carga sobre o depósito não são mostrados. As condições de negociação dessas contas são estimadas com base no nível dos fundos. O saldo mostra apenas o dinheiro na conta e não leva em conta os ativos e passivos do trader. Carga no depósito (margin/equity) não é mostrada, uma vez que a margem é o custo atual do ativo/passivo levando em conta o desconto, e ela varia com o capital.


23 agosto 2017
MetaTrader 5 iOS build 1649: estatística de mercado segundo o instrumento

Adicionada a capacidade de visualizar a estatística de mercado para instrumentos financeiros, negociados no modo de execução bolsista. Para fazer isso, na Observação do mercado [Market Watch] abra o menu do símbolo desejado e selecione estatísticas.


Otimizado o trabalho com posições na aba "Negociação". Agora, um simples toque na célula da posição/ordem imediatamente mostra informações detalhadas e opções disponíveis: fechamento, mudança ou incremento da posição, bem como abertura do gráfico do símbolo para o qual a posição está aberta.

2 agosto 2017
MetaTrader 5 Android build 1642: pedido simplificado para abrir uma conta real

No MetaTrader 5 Android, agora é possível abrir rapidamente contas preliminares (preliminary) na corretora. Para fazer isso, basa selecionar o item do menu "Abrir conta real" e, em seguida, especificar a corretora desejada na lista de servidores. A seguir, você só precisa anexar ao pedido um documento de identidade e um extrato bancário. Seu pedido para abrir a conta real será enviado para a corretora que, se necessário, poderá solicitar informações adicionais.



Baixe a versão móvel do MetaTrader 5 para Android e tenha acesso a 160 corretoras diferentes fornecedoras de instrumentos de negociação forex, ações, futuros e criptomoeda.

21 julho 2017
MetaTrader 5 build 1640: criação e teste de instrumentos financeiros personalizados

Terminal

  1. Adicionada a possibilidade de criar instrumentos financeiros personalizados. Agora você pode criar qualquer instrumento, definir para ele tipos de configurações, importar para ele dados de preços, e conferir seus gráficos.

    Criando um símbolo personalizado
    Abra a janela de gerenciamento de símbolos através do menu de contexto "Observação do mercado" e clique em "Criar símbolo":


    Há muitas opções disponíveis para configuração. Sua lista e descrição pode ser encontrada na documentação. Você pode configurar rapidamente um instrumento personalizado, basta copiar os parâmetros de qualquer instrumento similar, e, em seguida, mudar o que você precisa. Para fazer isso, selecione um instrumento existente no campo "Copiar de".
    O nome do símbolo personalizado não deve interferir com os nomes dos símbolos transmitidos pelas corretoras. Se você se conetar ao servidor e nele houver um símbolo que coincide com o personalizado, o símbolo personalizado será excluído.
    Aqui você também pode encontrar os comandos importação e exportação de configurações. Você pode facilmente compartilhar símbolos personalizados ou transferir símbolos entre seus terminais. As configurações são exportadas para arquivos de texto JSON.

    Gerenciando símbolos personalizados
    Todos os símbolos são exibidos num grupo separado - Custom. Para alterar ou apagar um símbolo, use o menu de contexto na lista:



    Importando o histórico de preço
    Você pode importar dados de preços para seu próprio símbolo a partir de qualquer arquivo de texto. Escolha um símbolo, e, em seguida, clique na guia "Barras".


    Na caixa de diálogo de importação, especifique o caminho para o arquivo com os dados e defina as configurações:

    • Separador — separador de elementos num arquivo de texto.
    • Omissão de colunas e linhas — número de colunas (da esquerda para a direita) e linhas (de cima para baixo) que deve ser ignorado durante a importação.
    • Deslocamento — mudança de horário em horas. Esta opção é usada ao importar os dados armazenados noutro fuso horário.
    • Apenas selecionados — esta opção permite importar apenas as linhas selecionadas na janela de visualização de linhas. As linhas podem ser selecionadas usando o mouse mantendo pressionada a tecla "Ctrl" ou "Shift".

    O arquivo com barras de minuto deve estar no formato: Data Hora Open High Low Close VolumeDeTicks Volume Spread. Por exemplo:
    2016.06.27    00:01:00    1.10024    1.10136    1.10024    1.10070    18    54000000    44
    2016.06.27    00:02:00    1.10070    1.10165    1.10070    1.10165    32    55575000    46
    2016.06.27    00:03:00    1.10166    1.10166    1.10136    1.10163    13    13000000    46
    2016.06.27    00:04:00    1.10163    1.10204    1.10155    1.10160    23    51000000    41
    Para seu o símbolo personalizado, você pode usar os dados de qualquer instrumento existente. Exporte-os (essa funcionalidade foi adicionada na versão anterior da plataforma), modifique-os, se necessário, e, em seguida, importe de volta.
    No MetaTrader 5, o histórico é armazenado na forma de barras de minuto. Todos os outros timeframes são baseados nelas. Ao importar, você pode usar os dados dos timeframes maiores, mas deve ter em conta que os gráficos dos timeframes menores, por enquanto, terão lacunas. Por exemplo, quando você importa dados horários, no gráfico de minuto, você verá uma barra por cada hora.
    Os dados de preço dos símbolos personalizados são armazenados separadamente no diretório Custom (fora dos diretórios de dados de servidores de negociação específicos):
    C:\Users\[windows account]\AppData\Roaming\MetaQuotes\Terminal\[instance id]\bases\Custom

    Usando símbolos personalizados
    O uso de símbolos personalizados não difere do dos fornecidos pela corretora. Eles também são exibidos na janela "Observação do mercado", e podem abrir gráficos em que podem ser colocados indicador e objetos analíticos. Além disso, porém, não se pode negociar em símbolos personalizados.

    Testando estratégias em símbolos personalizados
    Os símbolos personalizados criados podem ser utilizados para testar os robôs de negociação e indicadores no testador de estratégias. Isso permite a otimização de estratégias, mesmo para os instrumentos financeiros que não estão disponíveis atualmente na corretora. Basta corretamente importar o histórico e definir as propriedades do símbolo personalizado.


    Ao calcular a margem e o lucro, o testador de estratégias utiliza automaticamente as cotações de Forex disponíveis. Suponha que estamos criando o símbolo personalizado AUDCAD.custom com Forex, como tipo de cálculo de margem, e USD como moeda de nossa conta. Neste caso, com nase no nome do instrumento Forex o testador procura os símbolos necessários na seguinte ordem:
    1.     primeiro são procurados os símbolos AUDUSD.custom (para o cálculo da margem) e USDCAD.custom (para o cálculo do lucro em transações)
    2.     em seguida, se um destes instrumentos não estiver presente, será procurado o primeiro símbolo que corresponde - pelo nome - aos pares de moedas necessários, isto é, AUDUSD e USDCAD respectivamente. Por exemplo, encontrados AUDUSD.b e NZDUSD.b, as cotações destes símbolos serão utilizados ao calcular a margem e o lucro.

    Instrumentos com outros tipos de cálculo de margem (Futures, Stock Exchange) requerem um par de moeda a fim de converter a moeda do instrumento para a moeda do depósito. Imagine que criamos um símbolo personalizado com moedas de lucro e de margem expressas em libras esterlinas (GBP), enquanto a moeda de depósito é o franco suíço (CHF). Neste caso, a busca de instrumentos para teste é realizada na seguinte ordem:
    1. Verifica-se a presença do instrumento financeiro que corresponde ao par de moedas GBPCHF (GBP vs CHF).
    2. Se não ele não existir, será procurado o primeiro instrumento de negociação que corresponde - pelo nome - ao par de moedas GBPCHF, por exemplo, GBPCHF.b ou GBPCHF.def.

    Ao testar usando instrumentos personalizados, certifique-se de que na conta de negociação estão disponíveis todos os pares de moedas necessários para os cálculos. Caso contrário, o cálculo de resultados financeiros e requisitos de garantia não será possível para o teste.

    Mais funcionalidades nas futuras versões da plataforma
    O desenvolvimento de instrumentos personalizados ainda não foi concluído, e mais funções serão adicionadas nas próximas compilações da plataforma. Você poderá importar o histórico para os símbolos personalizadas diretamente a partir dos EAs, bem como transmitir dados (adicionar cotações) de esses símbolos em tempo real.

  2. Adicionada a filtragem do canal de transações de acordo com o volume.

    No canal, é possível ocultar transações com um volume inferior ao especificado. Assim, no canal ficam apenas as transações grandes que têm maior impacto no mercado.

    Dê um duplo clique na primeira linha do canal de transações, especifique o volume mínimo em lotes e, em seguida, clique em qualquer outra área do livro de ofertas. Transações serão filtradas, enquanto o valor atual do filtro aparecerá no título da coluna de volume.


    Também é possível definir o volume mínimo através do menu de contexto do canal de transações.

  3. Adicionada a possibilidade de ligar o livro de ofertas ao gráfico em execução. Toda vez que você alterne para ver o gráfico de um instrumento financeiro, no livro de ofertas, será ligado exatamente o mesmo instrumento. Você não terá que abrir um livro de ofertas separados para cada novo símbolo.



  4. Adicionada a atualização da barra de ferramentas após minimizar e maximizar a janela do terminal.
  5. Corrigida a geração do histórico de negociação no cruzamento dos bilhetes das transações e das posições.

MQL5

  1. Adicionada a possibilidade de criar perfis de programas MQL5 sobre o histórico de preço. Isto permite verificar rapidamente o desempenho dos programas sem esperar por novos ticks.

    Durante a criação de perfis sobre dados reais, o programa é executado num gráfico habitual, no terminal. Muitos programas, especialmente indicadores, realizam cálculos apenas após a chegada de um novo tick (OnTick, OnCalculate). Assim, para avaliar o desempenho, é necessário aguardar o aparecimento de novos ticks em tempo real. Ao testar em dados históricos, você pode dar a carga correta para o programa. A criação de perfis é executada no testador de estratégias num modo visual, de modo que você possa receber eventos de novos ticks de vez.


  2. Adicionado o suporte União (union). Trata-se de um tipo de dados especial que consiste de uma série de variáveis ​​que compartilham o mesmo espaço de memória. Consequentemente, a união permite interpretar a mesma sequência de bits de duas (ou mais) formas diferentes. A união começa com a palavras-chave "union".
    union LongDouble
    {
      long   long_value;
      double double_value;
    };
    Em contraste com a estrutura, os diferentes membros da união pertencem ao mesmo local de memória. Neste exemplo, é declarada a união LongDouble, em que o valor do tipo long e o valor do tipo double dividem a mesma área de memória. É importante entender que é impossível fazer com que esta união armazene simultaneamente um valor inteiro long e um real double (como seria na estrutura), porque as variáveis ​​double_value e long_value se sobrepõem (na memória). Por outro lado, o programa MQL5 é capaz de processar os dados da união como um número inteiro (long) ou um real (double) a qualquer momento. Consequentemente, a união permite a obtenção de dois (ou mais) variantes de representação da mesma sequência de dados.

    Ao declarar a união, o compilador automaticamente aloca uma área de memória suficiente para armazenar - na união - as variáveis ​​de maior de tipo segundo o volume. A mesma sintaxe é usada para acessar o elemento de união como para as estruturas, ou seja, o operador "ponto".
    union LongDouble
    {
      long   long_value;
      double double_value;
    };
    //+------------------------------------------------------------------+
    //| Script program start function                                    |
    //+------------------------------------------------------------------+
    void OnStart()
      {
    //---
       LongDouble lb;
    //--- obtemos e exibimos o número inválido -nan(ind)
       lb.double_value=MathArcsin(2.0);
       printf("1.  double=%f                integer=%I64X",lb.double_value,lb.long_value);
    //--- maior número normalizado (DBL_MAX)
       lb.long_value=0x7FEFFFFFFFFFFFFF;
       printf("2.  double=%.16e  integer=%I64X",lb.double_value,lb.long_value);
    //--- menor positivo normalizado (DBL_MIN)
       lb.long_value=0x0010000000000000;    
       printf("3.  double=%.16e  integer=%.16I64X",lb.double_value,lb.long_value);
      }
    /*  Resultado de execução
        1.  double=-nan(ind)                integer=FFF8000000000000
        2.  double=1.7976931348623157e+308  integer=7FEFFFFFFFFFFFFF
        3.  double=2.2250738585072014e-308  integer=0010000000000000
    */

  3. Adicionada a geração automática de um operador de cópia implícito para objetos de estruturas e classes. Agora, o compilador cria automaticamente operadores de cópia que permitem escrever entradas simples para objetos, como b=a:
    class Foo
      {
       int               value;
    public:
       string Description(void){return IntegerToString(value);};
       //--- construtor por padrão
                         Foo(void){value=-1;};
       //--- construtor com parâmetros   
                         Foo(int v){value=v;};
      };
    //+------------------------------------------------------------------+
    //|  estrutura contendo o objeto do tipo Foo                          |
    //+------------------------------------------------------------------+
    struct MyStruct
      {
       string            s;
       Foo               foo;
      };
    //+------------------------------------------------------------------+
    //| Script program start function                                    |
    //+------------------------------------------------------------------+
    void OnStart()
      {
    //---
       MyStruct a,b;
       Foo an_foo(5);
       a.s="test";
       a.foo=an_foo;
       Print("a.s=",a.s," a.foo.Description()=",a.foo.Description());
       Print("b.s=",b.s," b.foo.Description()=",b.foo.Description());
    //---
       Print("b=a");
       b=a;
    //---
       Print("a.s=",a.s," a.foo.Description()=",a.foo.Description());
       Print("b.s=",b.s," b.foo.Description()=",b.foo.Description());
    /*
       Resultado de execução;
       a.s=test a.foo.Description()=5
       b.s= b.foo.Description()=-1
       b=a
       a.s=test a.foo.Description()=5
       b.s=test b.foo.Description()=5
    */
      }
    No operador implícito, é realizada a cópia de objetos recebidos.

    • Se o membro é um objeto, é chamado o operador de cópia correspondente para este objeto.
    • Se o membro é uma matriz de objetos, a matriz de recebimento é aumentada ou reduzida ao tamanho de requisição usando ArrayResize antes de chamar o operador de cópia apropriado para cada elemento.
    • Se o membro é uma matriz de tipos de simples, para copiar, usada a função arraycopy.
    • Se o membro é um ponteiro para um objeto, é copiado o ponteiro, mas não o objeto para o qual ele aponta.

    Se necessário, você pode substituir o comportamento e, em vez do operador implícito de cópia, criar sua própria versão usando sobrecarga.

  4. Otimizado o uso de memória ao acessar o histórico de preço a partir dos EAs usando o Copy* funções. Ao trabalhar com grandes quantidades de dados, o consumo de memória será reduzido repetidamente.

  5. Agora a função TimeToStruct retorna um valor booleano, permitindo verificar o sucesso da conversão de datetime para MqlDateTime.
  6. Adicionada a restrição do uso de funções FileWriteStruct e FileReadStruct para estruturas que contêm cadeias de caracteres, matrizes dinâmicas, objetos e ponteiros.
  7. Adicionados códigos de resposta:

    • TRADE_RETCODE_REJECT_CANCEL — solicitação - para ativação de ordem pendente - rejeitada, enquanto a ordem é rejeitada
    • TRADE_RETCODE_LONG_ONLY — solicitação rejeitada, uma vez que a regra "Somente posições longas são permitidas" é definida para o símbolo
    • TRADE_RETCODE_SHORT_ONLY — solicitação rejeitada, uma vez que a regra "Somente posições curtas são permitidas" é definida para o símbolo"
    • TRADE_RETCODE_CLOSE_ONLY — solicitação rejeitada, uma vez que a regra "Somente o fechamento de posições existentes é permitido" é definida para o símbolo

  8. Adicionado um novo valor retornado pela função SymbolInfoInteger com parâmetro SYMBOL_ORDER_MODE. SYMBOL_ORDER_CLOSEBY — sinalizador de possibilidade de colocar ordens de fechamento de posição usando a oposta (Close By).
  9. À enumeração ENUM_SYMBOL_INFO_INTEGER adicionada a propriedade booleana SYMBOL_CUSTOM. Ele permite que você saiba se o símbolo é personalizado. Para obter a propriedade, use a função SymbolInfoInteger.
  10. Adicionada a possibilidade de obter razões para criar ordens, transações e posições.

    Novas propriedades


    Razões para criar ordens, transações e posições
    Para obter razões a fim de criar operações de negociação, adicionadas três enumerações:

    ENUM_POSITION_REASON ENUM_DEAL_REASON ENUM_ORDER_REASON Descrição de razões
    POSITION_REASON_CLIENT DEAL_REASON_CLIENT ORDER_REASON_CLIENT Transação realizada como resultado da ativação de uma ordem colocada a partir de um terminal desktop
    POSITION_REASON_MOBILE DEAL_REASON_MOBILE ORDER_REASON_MOBILE Transação realizada como resultado da ativação de uma ordem colocada a partir de um aplicativo móvel
    POSITION_REASON_WEB DEAL_REASON_WEB ORDER_REASON_WEB Transação realizada como resultado da ativação de uma ordem colocada a partir da plataforma web
    POSITION_REASON_EXPERT DEAL_REASON_EXPERT ORDER_REASON_EXPERT Transação realizada como resultado da ativação de uma ordem colocada a partir de um programa MQL5, Expert Advisor ou script
    - DEAL_REASON_SL ORDER_REASON_SL Transação realizada como resultado da ativação de uma ordem Stop Loss
    - DEAL_REASON_TP ORDER_REASON_TP Transação realizada como resultado da ativação de uma ordem Stop Loss
    - DEAL_REASON_SO ORDER_REASON_SO Transação realizada como resultado do evento Stop Out
    - DEAL_REASON_ROLLOVER - Transação realizada devido à transferência da posição
    - DEAL_REASON_VMARGIN - Transação realizada após creditada/debitada a margem de variação
    - DEAL_REASON_SPLIT - Transação realizada após o fracionamento (redução do preço) do ativo que tinha a posição aberta durante a declaração do fracionamento

  11. Otimizada a sincronização e acesso ao histórico de ticks.
  12. Corrigido o erro de retorno de ticks para a matriz estática na função CopyTicksRange. Anteriormente, neste caso, sempre eram retornos 0 ticks.
  13. Várias correcções foram feitas na biblioteca de lógica difusa Fuzzy.

Signals

  1. Corrigida a abertura de um sinal do site quando não há conexão da conta de negociação.

Tester

  1. Otimizado e acelerado o trabalho com o histórico de ordens e transações. A velocidade de operação será aumentada ao trabalhar com grandes quantidades de dados (dezenas de milhares de entradas no histórico).
  2. Corrigido o cálculo fixo do tempo de espera da posição no relatório de teste.

MetaEditor

  1. No depurador, corrigida a exibição de classes estáticas de matrizes de membros.
  2. Adicionada uma lista de pontos de interrupção no programa que está sendo depurado. A lista pode ser aberta usando o menu de contexto da guia "Depuração":


    Para navegar até um ponto de interrupção, clique duas vezes nele.
Documentação atualizada.
8 junho 2017
MetaTrader 5 iOS build 1605: abertura de uma conta preliminar com a corretora

Ao MetaTrader 5 iOS adicionada a possibilidade de abrir rapidamente constas preliminares (preliminary) na corretora. Agora basa selecionar o item menu "Abrir conta real" e, em seguida, especificar a corretora desejada na lista de servidores. Após preencher os dados pessoais, somente resta anexar dois documentos que confirmam a identidade e endereço, e enviar o pedido de registro. Assim, a corretora - após solicitar informações adicionais se necessário - pode abrir imediatamente sua conta real.


No build 1605 MetaTrader 5 iOs também foram realizados o redesenho e a otimização do e-mail:

  • e-mails relacionados são agora combinados numa cadeia e mostrados por um ponto
  • agora está disponível a exibição preliminar de anexos no e-mail
  • ao enviar uma nova mensagem, você pode adicionar até 5 anexos (tamanho do arquivo não deve exceder 8 MB).
26 abril 2017
MetaTrader 5 build 1596: acesso ao histórico de preço

Terminal

  1. Adicionado o acesso ao histórico de barra e de ticks. Agora é possível baixar todo o histórico de ticks de minuto a partir do servidor, más só através da MQL5, com ajuda da interface da plataforma. O acesso a dados de preço se expande no que diz respeito à preparação para o lançamento da função fonte de dados personalizada. Em breve a plataforma poderá plotar gráficos com base em seus próprios dados de preço, criar símbolos sintéticos e usar gráficos off-line.

    Para baixar dados, abra o gestor de símbolos no menu de contexto da "Observação do mercado".


    Agora, nele, estão disponíveis duas guias novas, isto é: "Barras" e "Ticks". Selecione o símbolo, período e clique em "Pedido". A plataforma pedirá todos os dados disponíveis a partir do servidor ou serão exibidos imediatamente se eles já estiverem carregados. Os dados de preço armazenados podem ser exportados para arquivos CSV.

  2. Adicionada a exibição de tempo com precisão de milissegundos para posições, transações e ordens.



  3. Na caixa de diálogo de negociação corrigida a notificação sobre a recusa na execução do pedido para fechamento da posição usando a posição oposta.

MQL5

  1. Corrigido o trabalho da função PositionSelect. Em alguns casos, não era selecionada a posição com o menor bilhete.
  2. Corrigido o trabalho das funções CopyTicks e CopyTicksRange ao solicitar o histórico de ticks a uma grande profundidade.

Signals

  1. Corrigido o erro de cópia de sinais ao aumentar o tamanho de uma posição já existente. O erro ocorria, em alguns casos, em contas de compensação.

Tester

  1. Corrigido o processamento de ordens limit para instrumentos bolsistas. As ordens, colocadas melhor do que o mercado (preço de compra abaixo do de mercado, ou preço de venda acima do de mercado), são executadas sem derrapagem. As ordens, colocadas pior do que o mercado, são executadas imediatamente após a colocação segundo o preço de mercado nesse mesmo momento.

Documentação atualizada.

8 abril 2017
MetaTrader 5 Android build 1576: adicionadas posições ao histórico de negociação

Ao MetaTrader 5 Android adicionada a apresentação do histórico de negociação na forma de posições. Anteriormente na aba "Histórico" eram exibidas apenas transações e ordens a partir do histórico, e agora é possível analisar as negociações usando posições. Para fazer isso, todas as operações relacionadas com a posição são agrupadas num único registro, nele é possível ver:

  • O tempo de abertura e fechamento da posição (determinado pela primeira e a última transação)
  • O volume da posição (se a posição é fechada parcialmente, são exibidos o volume fechado e o volume original)
  • Os preços médios ponderados de abertura e de fechamento de posição
  • O resultado financeiro total das transações relacionadas com a posição

30 março 2017
MetaTrader 5 iOS build 1547: histórico de negociação na forma de posições

Foi adicionada a apresentação do histórico na forma de posições. Anteriormente, na aba "Histórico" eram exibidas apenas as transações a partir do histórico, agora nela também são apresentadas as posições. A plataforma de negociação recolhe dados sobre operações - relativas à posição - e agrupa estes dados numa única entrada. Nela pode ser visto:

  • Momento - de abertura e fechamento de posição - a ser determinado pela primeira e a última transação, respectivamente
  • Volume da posição, isto é, se a posição é fechada parcialmente, são exibidos o volume fechado e o volume original
  • Preço de abertura médio ponderado e preço de fechamento de posição
  • Resultado financeiro total das transações relacionadas com a posição

24 março 2017
MetaTrader 5 build 1570: melhoria do mostruário do Mercado e expansão de funções de modelo em MQL5

Terminal

  1. Atualizado o mostruário da loja de aplicativos MetaTrader Market. A escolha de robôs de negociação e indicadores técnicos tornou-se mais fácil. Nós não só atualizamos o design, mas também acrescentamos a seleção de produtos:

    • Na página principal agora são mostrados os mais populares Experts, indicadores, produtos recentes do Mercado, bem como os melhores aplicativos gratuitos.
    • Nas seções de Experts, indicadores e utilitários apareceram subcategorias: robôs de cobertura e de grade, indicadores de tendência e multimoeda, e muito mais.




  2. Corrigida tanto a atualização do terminal de cliente quanto a mecânica das compras embutidas no Mercado, Sinais e Hospedagem Virtual, ao utilizar a conta de usuário de Windows com privilégios restritos.
  3. Corrigido o erro que, em alguns casos, levava à classificação incorreta do histórico de posições.
  4. otimizada e corrigida a exibição da aba "Ativos".

MQL5

  1. Adicionado o suporte para a sobrecarga de funções de modelo de parâmetros. Por exemplo, se existir uma função de modelo que registra no primeiro parâmetro o valor do segundo parâmetro usando uma conversão explícita de tipos. Em linguagem MQL5 é proibida a conversão do tipo string para o tipo bool, mas podemos fazer isto nós mesmos. Criamos uma sobrecarga de função de modelo:
    //+------------------------------------------------------------------+
    //| Função de modelo                                                 |
    //+------------------------------------------------------------------+
    template<typename T1,typename T2>
    string Assign(T1 &var1,T2 var2)
      {
       var1=(T1)var2;
       return(__FUNCSIG__);
      }
    //+------------------------------------------------------------------+
    //| Sobrecarga especial para o caso bool+string                      |
    //+------------------------------------------------------------------+
    string Assign(bool &var1,string var2)
      {
       var1=(StringCompare(var2,"true",false) || StringToInteger(var2)!=0);
       return(__FUNCSIG__);
      }
    //+------------------------------------------------------------------+
    //| Script program start function                                    |
    //+------------------------------------------------------------------+
    void OnStart()
      {
       int i;
       bool b;
       Print(Assign(i,"test"));
       Print(Assign(b,"test"));
      }
    Como resultado da execução deste código, podemos ver que para o par int+string foi utilizada a função de modelo Assign(), enquanto, na segunda chamada, para o par bool+string já foi utilizada a versão sobrecarregada.
    string Assign<int,string>(int&,string)
    string Assign(bool&,string)

  2. adicionada a possibilidade de especialização explícita de funções de modelo. Para fazer isto, antes da lista de parâmetros de chamada, é preciso especificar os parâmetros de digitação:
    template<typename T>
    T Func() { return (T)0; }
      
      
    void OnInit()
      {
       Func<double>();   // especialização explícita da função de modelo
      }
    Assim, a especialização não se realiza através do parâmetro de chamada, mas sim especificando os tipos.

  3. Otimizada a exibição de indicadores de usuário com o tipo de desenho DRAW_ZIGZAG.
  4. Na enumeração de tipos de transações ENUM_DEAL_TYPE adicionados novos valores:

    • DEAL_DIVIDEND — operação de dividendo.
    • DEAL_DIVIDEND_FRANKED — operação de dividendo franqueado (não tributável, a empresa paga pelo cliente).
    • DEAL_TAX — dedução de imposto.

  5. Corrigida a exibição de indicadores com o tipo de desenho DRAW_FILLING. Caso coincidam as coordenadas das linhas superior e inferior, agora é desenhada uma linha fina.
  6. Corrigido o cálculo de coordenadas do objeto "Etiqueta bitmap" (Bitmap Label) ao definir o parâmetro CHART_SHOW na condição false. Este parâmetro é definido pela função ChartSetInteger e permite ocultar todos os elementos do gráfico de preço a fim de criar uma interface própria de programa.
  7. Corrigido o erro de transcodificação de imagens de 24 bits ao serem colocadas nos recursos do aplicativo MQL5.
  8. Corrigido o erro de impressão de estruturas das funções ArrayPrint.
  9. Atualizadas as bibliotecas-padrão MQL5.

MetaEditor

  1. Adicionada a tradução da interface de usuário para malaio.

Signals

  1. Corrigida a abertura da pagina de sinal no terminal, durante a transição a partir do site da MQL5.community, caso a conta de negociação não esteja conectada.

Tester

  1. Corrigido o erro da função CopyTicks em execução, no testador de estratégias.
  2. Corrigida a classificação de transações do tipo "Retirada" (Withdrawal) ao gerar um relatório de teste.
  3. Corrigida a modificação de ordens pendentes.

Hosting

  1. Corrigida a exibição do assistente da hospedagem virtual em telas de altíssima resolução (4K).

Documentação atualizada.

17 fevereiro 2017
MetaTrader 5 build 1545: rápida alternância entre janelas e alteração dos preços usando o mouse

Terminal

  1. Foi adicionada a alternância rápida entre as janelas "Caixa de Ferramentas" e "Testador de Estratégias."



  2. foi adicionada a possibilidade de alterar os preços e volumes das ordens usando a roda do mouse:




  3. Agora, ao alternar para baixar os terminais móveis, é armazenada a lista de seus servidores de negociação. Após instalar o MetaTrader 5, para iPhone ou Android, no dispositivo móvel, aparecerá imediatamente uma lista pronta com os servidores. Assim, você poderá conectar rapidamente as contas de negociação existentes. O servidor da conta conectada atualmente será exibido primeiro no terminal móvel.




  4. Foi reduzida significativamente a carga - sobre o terminal - criada pelos gráficos e objetos recolhidos, ou seja, em segundo plano.
  5. Foi corrigido o erro que, em alguns casos, levava à ativação incorreta dos Trailing-Stops.
  6. Foi corrigido o erro de filtragem de símbolo, no histórico de negociação da conta.
  7. Foi corrigido o erro de exibição do campo "Type", no histórico de posições.
  8. Foi corrigido o erro de formação e apresentação do histórico de negociação sob a forma de posições.

MQL5

  1. Foi corrigida a exibição de indicadores personalizados com o tipo de plotagem DRAW_COLOR_LINE, DRAW_COLOR_ZIGZAG e DRAW_COLOR_SECTION ao utilizar a cor CLR_NONE.
  2. Foi corrigido o erro nos modelos ao digitar o ponteiro constante.
  3. Foi corrigido o controle do acesso aos membros de classe private e protected.

‌Tester

  1. Foi corrigida a ativação de ordens limit - nos instrumentos financeiros - quando o valor da ordem a ser colocada é pior em relação ao mercado (quer o preço de compra é superior quer o preço de venda é inferior ao proposto pelo mercado).
  2. Foi removida a restrição no teste de indicadores personalizáveis com mais de 64 parâmetros de entrada.
  3. Foi adicionada a tradução da interface de usuário para hindi.

Documentação atualizada.

9 fevereiro 2017
MetaTrader 5 iOS build 1509: login no MQL5.com através do Facebook
  • Foi adicionada a possibilidade de login e registro da conta MQL5.com via Facebook. Agora, se você tem um perfil, nesta rede social, você pode em alguns cliques acessar os bate-papos e todo o conjunto de serviços para MetaTrader 5.

  • Melhoramentos e correções.
27 janeiro 2017
MetaTrader 5 build 1525: Apresentação do histórico na forma de posições e melhorias no testador

Terminal

  1. Foi adicionada a apresentação do histórico na forma de posições. O terminal de recolhe dados sobre transações relacionadas com a posição (abertura, aumento, fechamento parcial e total) e agrupa este dados numa única conta, onde é possível ver imediatamente:

    • Momento - de abertura e fechamento de posição - a ser determinado pela primeira e a última transação, respectivamente
    • Volume da posição; se a posição é fechada parcialmente, são exibidos o volume fechado e o volume original
    • Preço de abertura médio ponderado e preço de fechamento de posição
    • Resultado financeiro total das transações relacionadas com a posição




    Para contas de cobertura, esse tipo de apresentação de posições, na verdade, é semelhante ao histórico da conta na plataforma MetaTrader 4.




  2.  Foi adicionado um comando para processar o histórico de transações no gráfico de um determinado símbolo.

    • Para exibir todas as transações somente no símbolo da posição/transação selecionada, clique em "Adicionar transação por [nome do símbolo]." Transações serão adicionadas a todos os gráficos abertos atualmente de acordo com este símbolo. Se não houver gráficos abertos, será aberto um novo.
    • Para exibir as transações para todos os símbolos a partir do histórico da conta, clique em "Adicionar todas as transações." Em todos os gráficos abertos, serão adicionadas todas as operações de acordo com o símbolo correspondente.




  3. Foram adicionadas tanto a exibição do nome internacional do instrumento de negociação nas especificações do contrato, como a possibilidade de procurar segundo ele na caixa de diálogo de controle de instrumentos.




  4. Foi adicionada a possibilidade de definir rapidamente a resolução para a janela do terminal. A função será útil para aqueles que fazem vídeos. No menu, estão disponíveis as mais populares resoluções para a publicação em serviços de vídeo, como YouTube.



  5. Escalas e perfis de gráficos migrados a partir de [diretório de dados do terminal\Profiles] para [diretório de dados do terminal\MQL5\Profiles]. Agora é possível adicionar facilmente escalas no repositório MQL5 Storage e utilizá-las com qualquer um dos seus computadores.

  1. Foi adicionado o suporte para variáveis de recurso. Sua utilização pode facilitar muito a escrita de alguns programas. Por exemplo, você pode escrever um código em OpenCL num arquivo CL separado e, em seguida, incluir esse arquivo - como uma cadeia de caracteres - nos recursos de seu programa MQL5. Anteriormente, em vez disso, era necessário descrever esse código como uma variável de cadeia grande.

    Declaração da variável de recurso
    #resource caminho_para_o_arquivo_do_recurso as tipo_de_variável_de_recurso nome_de_variável_de_recurso

    Características
    • Para arquivos de sequência de caracteres, a codificação de BOM (cabeçalho) é detectada automaticamente. Se não houver nenhum BOM, a codificação será determinada pelo conteúdo. São suportadas codificações ANSI, UTF-8 e UTF-16. Todas as cadeias de caracteres são convertidas para Unicode.
    • Os dados deste recurso podem ser tratados por intermédio de uma variável. O endereçamento automático via "::<resource name>" não funciona.
    • O tipo especial de variável de recurso bitmap informa ao compilador que o recurso é uma representação gráfica. A variável de recurso, neste caso, obtém o tipo uint.
    • Ao usar uma imagem de 24 bits, para todos seu pixels de componente de canal-alfa, define-se como 255.
    • Ao usar uma imagem de 32 bits, sem canal-alfa, para todos seu pixels de componente de canal-alfa, também é definido como 255.
    • Após carregar uma imagem de 32 bits com canal-alfa não acontece nenhuma manipulação de pixels.
    • A matriz-variável de recurso de tipo bitmap pode ter duas dimensões. Neste caso, o tamanho da matriz será definido como [altura_de_imagem][largura_de_imagem].
    • No caso de uma matriz unidimensional, o número de elementos será definido como altura_de_imagem*largura_de_imagem.
    • Se o tamanho do arquivo de recurso não é um múltiplo do tamanho do elemento da matriz, em seguida, o resto dos dados é cortado. Por exemplo, quando o tamanho do arquivo é 14 bytes, para a matriz int o número de elementos será 3, e os restantes 2 bytes (14 - sizeof(int)*3) serão descartados.

    Exemplos de utilização
    #resource "data.bin" as int ExtData[]             // declaração de matriz de tipo numérico, que contém dados a partir do arquivo data.bin
    #resource "data.bin" as MqlRates ExtData[]        // declaração de matriz de estrutura simples, que contém dados a partir do arquivo data.bin
    
    #resource "data.txt" as string ExtCode            // declaração de cadeias de caracteres, que contém dados a partir do arquivo data.txt
    #resource "data.txt" as string ExtCode[]          // declaração de matriz de sequência de caracteres, que contém dados a partir do arquivo data.txt
    
    #resource "image.bmp" as bitmap ExtBitmap[]       // declaração de matriz unidimensional, que contém em si a varredura a partir do arquivo BMP, tamanho da matriz = height * width
    #resource "image.bmp" as bitmap ExtBitmap2[][]    // declaração de matriz bidimensional, que contém em si a varredura a partir do arquivo BMP, tamanho da matriz [height][width]

  2. Foi adicionada a propriedade CHART_SHOW para desativa a exibição do gráfico. Para obter e instalar a propriedade, são utilizadas as funções ChartGetInteger e ChartSetInteger.

    Se for definido como false, será desativada a plotagem de todos os atributos do gráfico de colunas de preços e serão removidas todos os recuos nas bordas do gráfico de colunas: escala do tempo e preço, barra de navegação rápida, marcas de eventos de calendário, ícones de transação, dicas de indicadores e barras, painéis indicadores, histogramas de volume, etc.

    A desativação da plotagem é uma solução ideal para criar sua própria interface de programa usando recursos gráficos.

    Os objetos gráficos sempre são plotados independentemente do valor da propriedade CHART_SHOW.

  3. Foi adicionada a propriedade CHART_KEYBOARD_CONTROL para ativar/desativar o controle de gráficos usando os teclas ("Home", "End", "PageUp", "+", "-", "Seta para cima", etc.). Ao definir CHART_KEYBOARD_CONTROL=false, é possível desativar a rolagem e dimensionamento do gráfico, no entanto, ao fazer isto, mantem-se a possibilidade de obter eventos - usando essa teclas - em OnChartEvent.

    Para obter e definir propriedades, são utilizadas as funções ChartGetInteger e ChartSetInteger.

  4. Foram adicionadas novas funçóes e propriedade para trabalhar com OpenCL.

    Novas propriedades para trabalhar com a memória
    Usando CLGetInfoIntegrer agora é possível quatro novas propriedades:
    • CL_DEVICE_MAX_WORK_GROUP_SIZE — número total de grupos locais de trabalho para o dispositivo OpenCL.
    • CL_KERNEL_WORK_GROUP_SIZE — número total de grupos locais de trabalho para o programa OpenCL.
    • CL_KERNEL_LOCAL_MEM_SIZE — tamanho da memória local em bytes, que é usada pelo programa OpenCL para todas as tarefas simultâneas no grupo. Utilize CL_DEVICE_LOCAL_MEM_SIZE para obter o máximo disponível.
    • CL_KERNEL_PRIVATE_MEM_SIZE — tamanho mínimo de memória privada em bytes a ser usado por cada tarefa na kernel do programa OpenCL.

    bool CLExecutionStatus(int kernel)
    Retornar o estado de execução do programa OpenCL. Como parâmero é enviado o identificador para a kernel do programa OpenCL.

    bool CLSetKernelArgMemLocal(int kernel_handle,int arg_index,ulong local_mem_size)
    Ele define o buffer local como argumento da função kernel. Como parâmero são enviados: o identificador para a kernel do programa OpenCL, o número do argumento de função OpenCL e tamanho de buffer.

  5. Foi adicionado o código de resposta TRADE_RETCODE_LIMIT_POSITIONS. O número de posições abertas que você pode ter em sua conta pode ser restrito pelas configurações do servidor. Após atingir o limite, em resposta à colocação de uma ordem, o servidor retorna o erro TRADE_RETCODE_LIMIT_POSITIONS. A restrição opera de forma diferente dependendo do tipo de registro de posições na conta:

    • Sistema de compensação — leva em conta o número de posições abertas. Ao atingir o limite, a plataforma não permite colocar ordens novas, cuja execução poderia levar a aumentar o número de posições abertas. Na verdade, a plataforma colocará ordens apenas nos símbolos, nos quais já existem posições abertas. No sistema de compensação, ao verificar o limite, não são tidas em conta as ordens pendentes atuais, uma vez que sua execução pode levar a uma alteração nas posições atuais, em vez de um aumento de seu número.
    • No sistema de cobertura, além das posições abertas, são tidas em conta as ordens pendentes colocadas, uma vez que sua execução sempre leva a abertura de uma nova posição. Ao atingir o limite, a plataforma não permite colocar ordens de mercado nem ordens pendentes para abrir posições.

  6. Foi corrigido o erro que em alguns casos causava que ticks fossem ignorados no histórico de negociação.
  7. Foram corrigidos os erros de digitação indireta de escalas.
  8. Foi atualizada a biblioteca para trabalhar com estatísticas matemáticas.

Market

  1. Foi corrigida a abertura da página do produto ao baixar a versão demo.

Tester

  1. Após completar a otimização, os resultados são classificados automaticamente na coluna "Resultados."
  2. No menu de contexto da guia de resultados de otimização e diário, foi adicionada uma opção a fim de alternar automaticamente para resultados, após concluir a otimização.
  3. O testador de estratégias agora permanece no modo de otimização, após iniciar um único teste. Anteriormente, ao iniciar um teste único, a partir da guia de resultados de optimização, o testador de estratégias mudava automaticamente para o modo de teste único. Para realizar a re-otimização, foi necessário incluí-lo novamente nas configurações.
  4. Agora os conjuntos de parâmetros de entrada podem ser armazenados não só sob a forma de arquivos set, mas também como configurações do testador local de estratégias, com fácil acesso a eles através do menu de contexto.




  5. Foi adicionada tradução da interface para o mongol, húngaro, romeno e urdu.

MetaEditor

  1. Foi adicionada a possibilidade de alterar a ordem das expressões a serem observadas na janela de depuração. Basta arrastar a expressão para a posição desejada com o mouse.




  2. Foi corrigido o erro na determinação da codificação nos arquivos de origem.
  3. Foi corrigida a busca por arquivos em UTF-8.
  4. Foi corrigido o erro na seleção de texto com o mouse ao haver nele caracteres de tabulação.
  5. Foi adicionada tradução da interface para húngaro e romeno.

Documentação atualizada.

18 janeiro 2017
MetaTrader 5 Android build 1506: filtragem e classificação de transações
  • Nas guias "Negociação" e "Histórico", encontra-se a classificação; Isso permite que você organize todas as operações de negociação de acordo com os símbolos (instrumentos financeiros), ordens e tempo de abertura/fechamento. Além da classificação no "Histórico", existe a possibilidade de filtrar as transações segundo o símbolo.

  • O trabalho com gráficos em modo multi-janela foi otimizado. À sua disposição, encontra-se um menu melhorado no qual é possível abrir novas janelas, excluir as antigas, bem como reorganizá-las e selecionar sua localização (vertical, horizontal ou mosaico).

9 dezembro 2016
MetaTrader 5 build 1495: Melhoras na MQL5 para trabalhar com gráficos personalizados

MQL5

  1. Foi adicionada a função CopyTicksRange.
  2. Na classe CCanvas foram adicionadas funções de suavização melhoradas:
  3. A documentação MQL5 foi adicionada a descrição da biblioteca gráfica, com a qual é possível construir rapidamente gráficos de barras, distribuições e gráficos lineares diretamente sobre os gráficos de preços.
  4. As constantes Status do terminal de cliente foram adicionados identificadores de estado de teclas de atalho. A chamada de TerminalInfoInteger(TERMINAL_KEYSTATE_XXX) retorna o mesmo código de status de teclas como a função GetKeyState() a partir de MSDN.
  5. Não suporta conversão do tipo string para o tipo bool. Para verificar as cadeias de caracteres será preciso especificar explicitamente a condição. Por exemplo, para o código a seguir, na nova versão, será emitido um erro de compilação:
    string str;
    ...
    if(str)                        // aparecerá o erro de compilação "Cannot convert type 'string' to 'bool'" (nas compilações anteriores não acontecia o erro)
       Print("str is true");
    É necessário escrever uma condição explícita:
    string str;
    ...
    
    //--- verifica se a cadeia de caracteres é inicializada
    if(str!=NULL)
       Print("str is true");
    
    ou
    
    //--- verifica se o valor da cadeia de caracteres é "true"
    if(StringCompare(str,"true",false))
       Print("str is true");
    
    ou
    
    //--- verifica se a cadeia de caracteres é um número e não é igual a zero
    if((int)str!=0)
       Print("str is true");

Correções de crash-logs.

anterior12345678910111213